MundoPsicologos.com
MundoPsicologos.com
No Google Play Na App Store

Falta de libido

Feita por >Felipe>. 3 Jul 2014 12 respostas  · Terapia sexual

Saudações. Gostaria que os senhores me ajudassem. Tenho 29 anos e namoro há um ano. Desde o início da nossa relação, eu e meu parceiro temos uma vida sexual saudável e normal. Entretanto, nas últimas três semanas, tenho sentido minha libido diminuir (tenho achado o sexo trabalhoso), não tenho tido tanto interesse sexual no meu parceiro ou, quando tenho, este interesse passa muito rápido. Sinto variações: em alguns momentos do dia sinto desejo sexual por ele ou até mesmo por situações imaginárias (e este desejo é forte), mas em outros momentos do dia este desejo simplesmente se esvai. Não estou passando atualmente por nenhum problema em nenhum setor da minha vida, não utilizo nenhum medicamento nem drogas ilícitas, não tenho problemas com meu corpo e amo o meu namorado e este sentimento é correspondido.


Sendo assim, senhores, esta variação da libido é normal? Válido ressaltar que esta flutuação da libido já ocorreu outras vezes em outros relacionamentos duradouros que eu já tive e sempre tento contornar a situação terrível que isso gera, já que tenho que trabalhar o sentimento de insegurança que surge no parceiro e a pressão que invariavelmente eu sinto para fazer sexo, o que me faz perder mais ainda a vontade de praticar o ato. Depois de um tempo, esta possível falta de interesse passa. Devo me preocupar com isso? Ou devo somente esperar passar por ser algo normal? Será que podem existir causas complexas por trás disso tudo? É normal achar que fazer sexo é trabalhoso?


Desde já agradeço a todos que me responderem. Obrigado!

libido

A melhor resposta

Felipe

Sugiro a você que inicie um processo de psicoterapia breve para que o seu caso seja verificado minuciosamente e possa se obter uma resposta mais exata para o seu problema, pois várias são as possibilidades. Sugiro também, que procure um médico para diagnosticar ou não alguma causa orgânica.

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

Olá Felipe, é absolutamente normal, relacionamentos longos acabam caindo na rotina.
Mas o bom é que o amor existe e apenas a presença da pessoa é o suficiente. Não se preocupe, porque é apenas dias de vaca gorda e outros dias de vaca magra. Você é normal, não precisa de terapia.

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

14 MAI 2015

Leonor Pereira

Bom dia Felipe, é normal sim a oscilação de libido e, como você mesmo citou, faz três semanas que isso vem ocorrendo, não dá pra fechar nenhum diagnóstico.
Não se sinta na obrigação de ter vontade para o sexo todo dia, você é um ser humano e não uma máquina.
Permita-se ter ou ter não ter prazer.
Sexo não é obrigação.

Abraços,

Marcia Eliane
Psicóloga Clínica e Especialista em Sexualidade Humana

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

14 JUL 2014

Logo Marcia Eliane Marcia Eliane

11 respostas

4141 pontuações positivas

Boa tarde Felipe.
Vi que minhas colegas já te responderam, mas acrescentando as respostas, devo te dizer que você deveria sentar com seu parceiro e conversar abertamente sobre o que você está sentindo. Se acharem necessário, façam uma terapia de casal e juntos se ajudem a descobrir meios de superar essa fase de forma produtiva. Me coloco à disposição caso queira conversar mais.
Psicóloga Keili

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

8 JUL 2014

Anônimo

Olá Felipe, pelo que você comentou você está em um relacionamento homoafetivo e estável há um ano e atualmente tem notado que seu interesse sexual está diminuído. A baixa na libido pode ser devido a uma série de fatores, tanto emocionais, quanto físicos e sociais. Fatores emocionais podem ser cobranças como:

- ter que manter o interesse sexual igual ao início da relação;
- ter que ser perfeito (e essa é uma cobrança comum em pessoas com orientação homossexual, tanto na questão corporal, quanto profissional e nos relacionamentos).

Além das cobranças, emocionalmente podem existir preocupações, estresse, aspectos como crenças ou valores que podem afetar a vida sexual das pessoas. Contudo, o que falo aqui são hipóteses que somente em psicoterapia teria como avaliar.

Com relação aos aspectos físicos, pode haver cansaço, desgaste físico, fatores relacionados à alimentação, uso de algum tipo de suplemento alimentar (as pessoas que fazem academia costumam utilizar), alterações em alguns hábitos, tanto alimentar quanto no sono, por exemplo, além do estresse já citado acima.

Com relação a questões sociais, envolve os relacionamentos com família, amigos, colegas de trabalho e avaliar o quanto essas relações podem afetar seu relacionamento.

Pelo que você descreveu, seu interesse ainda existe, mas não como antes, ou seja, parece não haver nada que indique uma alteração psicopatológica. Observe a relação de vocês e o quanto vocês estão cuidando da relação para serem um casal, ou a relação de vocês está se configurando como dois grandes amigos.

Espero ter ajudado.
Amilton Martins dos Santos

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

8 JUL 2014

Logo Conhecer e Agir Conhecer e Agir

10 respostas

4097 pontuações positivas

Boa noite Felipe, sou psicóloga e acho que talvez seu problema possa estar relacionado a cansaço físico. Ainda penso que se as causas hormonais e físicas estão descartadas, talvez a falta de libido possa estar relacionada a um tipo de carência. Procure se aproximar de seu parceiro, carinho e gentilezas podem aproximar e reaquecer a relação.

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

7 JUL 2014

Anônimo

Prezado Felipe! Use a imaginação e trabalhe para sentir-se novamente interessado sexualmente, uma vez que sexo está na cabeça e você diz não ter nenhuma possibilidade de ser seu lado emocional interferindo, já que vive um excelente momento profissional, etc.
Imagine a possibilidade de perdê-lo para alguém se continuar assim sem tesão, talvez esse medo lhe dê de volta a libido.

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

7 JUL 2014

Anônimo

Bom dia Felipe!
Pelo que você relatou é absolutamente normal essa falta de desejo na relação em alguns períodos.
Não tenha a obrigação de sentir desejo sempre, todos os dias. E você relatou que está há três semanas assim, é pouco tempo para acreditar que seja algo sério.
Trabalhar o sentimento de insegurança do parceiro não é tarefa sua, você pode ajudar, conversando, expor a situação.

Fique tranquilo!

Abraços,

Marcia Eliane
Psicóloga Clínica e Especialista em Sexualidade Humana

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

7 JUL 2014

Anônimo

Olá Felipe. Pelo que você fala não existe nenhuma questão estressora. Precisa avaliar a questão hormonal, às vezes pode ser questão clínica. Minha sugestão é que primeiro seja avaliado isso, uma vez não constatado nada, você deve procurar um psicólogo para avaliar o que pode estar ocorrendo.

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

7 JUL 2014

Logo Juliana Ribeiro Arantes Juliana Ribeiro Arantes

2 respostas

23 pontuações positivas

Olá, bom dia Felipe.
Seria bom você procurar um psicólogo para orientá-lo e poder ajudá-lo. Falta de libido em alguns momentos sim é normal com qualquer pessoa. Você comenta que tem que trabalhar insegurança do parceiro, contornar a situação, isso não é algo normal em uma relação. O relacionamento com o parceiro tem que ser prazeroso, claro que exige energia, trabalho, mas fazer sexo tem que ser prazeroso, não pensar como trabalhoso. Tudo é normal na vida das pessoas quando não atrapalha ou influencia o relacionamento, no seu caso está gerando um conflito para você. Seria bom procurar ajuda.
Abraço, Jorgete Psicóloga

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

7 JUL 2014

Logo Psicóloga Jorgete Onohara Psicóloga Jorgete Onohara

32 respostas

2382 pontuações positivas

Prezado Felipe,
Bom dia!
Questões do desejo sexual são mais complexas do que a linearidade à qual estamos acostumados no cotidiano de nossas vidas...
Sim, a flutuação do desejo sexual, da expressão do desejo, é e deve ser comum e constante, uma vez que precisamos destinar nossa atenção voluntária a muitos objetos e objetivos a cada hora de nosso dia. A questão parece ser de que você não sente controle sobre estes mecanismos... e aqui temos o que você percebe como problema.
Soluções existem, mas não são simplistas, da mesma forma que este mecanismo que descreveu não o é.
Para isto existe a psicoterapia, e se você se consultar com um psicoterapeuta que se baseie em uma abordagem comportamental-cognitiva, terá a possibilidade de lidar com estas circunstâncias.
Em São Paulo estamos ao seu serviço no InPaSex.
Abs,
Psicólogo Oswaldo M. Ropdrigues Jr. - Diretor InPaSex

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

7 JUL 2014

Anônimo

Olá, Felipe. Você me falou algumas coisas de você e do seu relacionamento, muito válidas, aliás, porém, para que eu possa te ajudar eu precisaria de mais informações que só conversando pessoalmente seria possível levantar.

Entendo a angústia que você deve sentir quando se defronta com tal situação e o quanto não entender o porquê disso deve causar-lhe sofrimento. Quando um fato ocorre uma vez e não se repete, acho que ele pode ser olhado como um acontecimento isolado, sem maiores reflexões. Agora quando a situação se repete (no seu caso a falta de libido nesse e em outros relacionamentos), vale a pena entender o que está por trás disso.

Você gostaria de marcar uma sessão?

Abraços,

Karina

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

7 JUL 2014

Logo Psicóloga Karina Simão Psicóloga Karina Simão

3 respostas

30 pontuações positivas

Perguntas similares

Ver todas as perguntas
Companheira sem libido sexual por mim...

8 respostas, última resposta em 09 Agosto 2016

Falta de desejo sexual

1 resposta, última resposta em 17 Julho 2018

Como lidar com a frustração por falta de sexo?

2 respostas, última resposta em 20 Novembro 2018

Falta de sexo no relacionamento com a namorada

2 respostas, última resposta em 16 Outubro 2018

Como lidar com o cônjuge que tem compulsão sexual?

3 respostas, última resposta em 26 Outubro 2017

Disfunção sexual pós-atidepressivo, como resolver?

3 respostas, última resposta em 18 Janeiro 2018