Eu acho que minha mãe ainda está de luto

Feita por >Isabela Beatriz Sousa Nunes Farias · 8 jul 2020 Luto

Adotamos um cachorro e infelizmente ele faleceu, minha mãe sofreu muito e se culpou e agr ela acha que de todo jeito o cachorrinho acabou reencarnando, diz que precisa adotar esse outro cachorro a todo custo pq ele é uma reencarnação do nosso. É possível que isso tenha algo a ver com ao luto?

Resposta enviada

Em breve, comprovaremos a sua resposta para publicá-la posteriormente

Algo falhou

Por favor, tente outra vez mais tarde.

A melhor resposta 9 JUL 2020

Olá Isabela!

Existe sim essa probabilidade. O luto é um processo confuso, difícil, e sem um tempo determinado. É difícil aceitar a perda de alguém ou algo onde teve um grande investimento emocional. O vazio que fica, tentamos preencher de diversas formas. Talvez, para ela, seja mais fácil lidar com o luto preenchendo esse espaço com um outro cachorrinho. Mas fique atenta, pois nunca conseguimos substituir por completo o que causou esse vazio. E aí que entra a frustração, a raiva. Nesse momento o ideal é respeitar a dor dela, o sofrimento e, se não for um problema ter outro cachorro, deixá-la adotá-lo.

Estou à disposição!

Abraços!

Luana Nogueira

Luana Nogueira Psicóloga Psicólogo em Cabo Frio

14 respostas

12 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

9 JUL 2020

Olá Isabela! Obrigada pela pergunta.
Sua mãe deve ter tido uma relação muito boa com o cachorro e justamente por isso, de certa forma, ela queira barganhar com a vida trazendo o outro cachorrinho que tenha recebido o encarne.
O que você percebe sobre sua mãe pode ter haver com o luto sim, e é interessante saber de sua mãe o que esse cachorro significou na vida dela? Por que foi tão importante a ponto dela querer o mesmo em sua vida?
Espero ter contribuído. Qualquer dúvida estou à disposição.

Abraços,
Bruna C. Laureanti R. - Psicóloga Clínica
CRP 08/30665.

Bruna Cristina Laureanti Ribas Psicólogo em Curitiba

160 respostas

45 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

9 JUL 2020

Olá Isabela! Grato por participar. A vida é movimento na sua plenitude: ações físicas, pensamentos, buscas, lembranças. Pelo seu relato, de fato, ela está sentindo a falta do cachorro. Acontece que cachorro apresenta alta dosagem de interação afetuosa. Será importante ter outro cachorro, movimentar a tua mãe em busca de sonhos, metas e objetivos que sejam significativos para ela. Cuidado: questões próprias das circunstâncias momentâneas da Covid-19 não podem ser interpretadas como formas definitivas de lidar com as coisas. Com o tempo aprenderemos muito. Permanecendo alterações de postura, tristezas e falta de comportamentos habituais, será importante contar com a conduta técnico-científica de um psicólogo. Estamos à disposição para possíveis aprofundamentos. Abraços virtuais (em tempos de pandemia, cuidem-se, contenham a pandemia, não sejam contidas por ela!)

Ary Donizete Machado - psicólogo clínico.

Ary Donizete Machado Psicólogo em Limeira

3108 respostas

1886 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

9 JUL 2020

Olá Isabela!
Sim, isso pode ser uma forma de negação, que é a primeira etapa do luto. Quando não conseguimos lidar com a perda de uma maneira saudável a nossa mente procura uma alternativa para fazer isso.
Espero ter ajudo :)

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

9 JUL 2020

Olá, Isabela.
Sua questão é muito relevante, principalmente nos tempos de hoje.
Viver a perda de algo muito significativo em nossas vidas é bastante dolorido. É natural, e esperado, algumas crenças como forma de "alívio" da dor por algo que se foi. Existe um conceito que fala das etapas do luto, composto pelas fases da negação, raiva, barganha, aceitação e depressão (Não acontece necessariamente nessa ordem), mas, pelo seu relato, ao meu ver, pode ser que ela esteja enfrentando o momento da barganha, que é a ideia de negociar com o cenário da perda por morte. Importante atenção para verificar se existe alguma alteração de humor, ou prejuízos em alguma área da vida e, se for o caso, pode ser interessante recorrer a auxílio profissional.
Espero ter contribuído.
Abraço.
Beatriz Mazzoco

Beatriz Mazzoco Psicologia Psicólogo em São Paulo

94 respostas

61 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Psicólogos especializados em Luto

Ver mais psicólogos especializados em Luto

Outras perguntas sobre Luto

Explique seu caso aos nossos psicólogos

Publique a sua pergunta de forma anônima e receba orientação psicológica em 48h.

50 Você precisa escrever mais 12550 caracteres

Sua pergunta e as respectivas respostas serão publicadas no site. Este serviço é gratuito e não substitui uma sessão de terapia.

Enviaremos a sua pergunta a especialistas no tema, que se oferecerão para acompanhar o seu caso pessoalmente.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

Coloque um apelido para manter o seu anonimato

Sua pergunta está sendo revisada

Te avisaremos por e-mail quando for publicada

Esta pergunta já existe

Por favor, use o buscador para conferir as respostas

Psicólogos 11700

Psicólogos

perguntas 12550

perguntas

respostas 38600

respostas