Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

Estresse dos meus pais com o meu irmão tem me afetado. O que fazer?

Feita por >Tereza em 10 nov 2016 Stress

Os meus pais são pessoas boas, consigo conviver harmonicamente com eles na maioria das vezes. Porém, ultimamente, eles andam extremamente estressados com o meu irmão mais novo.

E aí está o problema!

Ele é, de fato, uma menino de 5 anos muito difícil. Sempre foi! Mas, durante as repreensões, os meus pais são muito duros. Não, eles não o agridem fisicamente, mas as palavras são tão duras que doem em mim, dentro do meu quarto. Sempre fui muito sensível e isso dói tanto que sinto vontade de chorar.

Todos nos damos bem e temos bons momentos, mas durante essas horas eu não consigo ficar perto deles. Sempre fui muito obediente e me machuca muito ouvir surtos de autoridade em alto tom.

Sei que meu irmão tem um comportamento ruim e sei que ele precisa ser repreendido, mas não acho que as atitudes dos meus pais são eficientes.

Ano passado, eles o levaram em uma psicóloga por suspeitarem de TDAH e ela disse que ele era extremamente ansioso( porém ele não chegava a ter transtorno de ansiedade). Ainda ano passado, durante a reunião de pais, meu professor deu a mesma queixa, só que dessa vez, para mim. Acredito que a diferença esteja na maneira como manifestamos essa ansiedade: ele corre, grita, chora e faz birra; eu roo minhas unhas e tendo me conter ao máximo, porém não acho que me conter dessa forma seja controle.

Acho que nossos pais estão, de certa forma negligenciando essa situação. Tanto que o meu irmão não frequenta o psicólogo, tanto que só concordaram com meu professor e não tentaram me ajudar. E eu não tenho forças para pedir ajuda por mim e nem pelo meu irmão, tenho medo que se estressem, achem que é coisa da minha cabeça.

Sei o quanto esse tipo de atitude vinda deles pode afetar o meu irmão, porque isso já me afeta. Eu não sou o motivo do estresse deles porque estou pisando em cacos de vidro pra não ser. Não consigo pedir pra sair, não consigo agir como uma adolescente, só consigo agir como filha obediente que estuda e que aceitou todas as responsabilidades precoces que me foram impostas desde muito nova. Eu sou a filha boa, a filha legal, a filha disciplinada e o meu irmão é e será o oposto disso, segundo o pensamento deles. Mas acredito que essa concepção vai afetar nós dois, vai distanciar nós dois e eu não quero isso.

Por favor, me ajudem, não consigo lidar mais lidar com essa angústia sozinha!

Resposta enviada

Em breve, comprovaremos a sua resposta para publicá-la posteriormente

Algo falhou

Por favor, tente outra vez mais tarde.

A melhor resposta

Olá. Certamente uma criança com TDAH desestrutura a casa toda. Seria conveniente seus pais procurassem por um Neuropsicólogo, fazer uma avaliação pra entender o caso do seu irmão e coloca-lo em tratamento. Diga aos seus pais que voce andou lendo sobre isso.....é uma boa dica pra tentar ter este acesso com eles....... Leia sobre avaliação neuropsicológica....Entre no site da ABDA Associação Brasileira do Deficit de Atenção e leia sobre os tratamentos para TDAH. Um abraço.

Denise Ferreria Ghigiarelli Psicólogo em Arujá

57 respostas

2294 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Todos têm potencial inexplorado!

Atendimento e acompanhamento psicológico.
Destinado a todo aquele que:
* necessita de diagnóstico quanto ao nível de alterações no comportamento, na personalidade e na cognição, bem como o nível de gravidade de determinadas lesões cerebrais e transtornos de aprendizagem; 

* deseja identificar potencialidade e dificuldades cognitivas;

* busque expressar seus conflitos e dificuldades, ultrapassar os obstáculos que o impedem de integrar-se e adaptar-se adequadamente ao meio social;

* busque otimizar desempenhos em concursos, provas e processos seletivos.

As sessões podem ser em grupo ou individuais. 

Atenciosamente,
Aline M. S. De Coster

Espaço Aline De Coster Psicólogo em Rio de Janeiro

575 respostas

22795 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Tereza, bom dia! Parece que todos estão estressados, e talvez seus pais não saibam como lidar com isso. Seria bom você contar como se sente em relação ao comportamento deles e mostre que você está sofrendo. Aparentemente a maneira como agem com seu irmão não vai mudar o comportamento da criança, pelo contrário, gritos marcam o comportamento e a tendência é que ele continue justamente para ter atenção. O ideal seria que eles se acalmassem antes de falar com o menino, pudessem tirar algumas regalias e dar outras quando ele mudar qualquer fração do comportamento e assim reequilibrar o comportamento do seu irmão. Pais não nascem sabendo como educar as crianças, mas eles podem ter ajuda de um profissional e inclusive melhorar a qualidade de vida de vocês, tendo mais momentos de alegria do que de estresse, é uma questão de direcionamento. Caso seus pais procurem um psicólogo, peça para ir também, seria bom para você poder falar a maneira como se sente, quando não estiver mais sob responsabilidade dos seus pais, vai ser importante saber se posicionar sem medo com outros adultos.

Psicóloga Márcia Costa Psicólogo em São Paulo

79 respostas

1121 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Olá Tereza!
Realmente é uma situação muito delicada que está deixando diversas mágoas e marcas tanto em você como em seu irmão.
É muito importante que você possua suporte e acompanhamento psicológico para que seja possível dividir tais angústias, durante o processo seus pais poderão receber orientações mas o mais importante será permiti-la criar recursos para lidar com os comportamentos de seus pais de maneira que não tenha tantos prejuízos em sua saúde.
Sei que é difícil, mas tente conversar com eles que você sente que precisa de ajuda.

Fico a disposição,

Maitê Hammoud

Maitê Hammoud Psicólogo em São Paulo

1295 respostas

39056 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Olá Tereza, que bom que está pedindo ajuda aqui no site, mas creio que a ajuda precisa ser mais dirigida, conhecendo um pouco mais de cada um. Sugiro que você espere um bom momento para conversar com seus pais e pedir um acompanhamento com psicóloga tanto para você quanto para seu irmão, assim seus pais também vão receber orientações... Talvez eles pensem que está tudo bem contigo por "não dar trabalho" mas é importante mostrar que por dentro não está assim. Se a questão for financeira busque faculdades, geralmente fazem atendimento com valor simbólico.

Espaço Recriar Psicólogo em Curitiba

48 respostas

2482 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Boa tarde Tereza, entendi toda sua angustia pela narrativa da sua história de vida familiar e concordo que seus pais estão de uma forma inconsciente afetando a saúde de vocês dois, porém ser pai e mãe não é uma tarefa fácil, eles podem está pecando por excesso de autoridade, mas não existe uma cartilha ensinando como ser pais perfeitos. Se você tiver abertura, procure conversar com seus pais e deixe claro que você está querendo fazer um acompanhamento psicológico para trabalhar as questões da ansiedade, e sugira a possibilidade de seu irmão também ser acompanhado.
Espero ter ajudado, att. à Psicóloga Ussénade.
Boa sorte!

Ussénade Maria de Oliveira Psicólogo em Recife

697 respostas

26894 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Olá!
Seria muito importante que ambos buscassem ajuda psicológica, de certa forma você já está em sofrimento e seu irmão também. Você precisa esclarecer aos teus pais esta situação, falar do desejo de ir ao psicólogo,para que possa falar desta angustia para lidar da melhor maneira possível.
Espero ter ajudado.
Fico a disposição!

Jessica Moreira Carvalho Psicólogo em Londrina

170 respostas

8380 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Psicólogos especializados em Stress

Ver mais psicólogos especializados em Stress

Outras perguntas sobre Stress

Explique seu caso aos nossos psicólogos

Publique a sua pergunta de forma anônima e receba orientação psicológica em 48h.

50 Você precisa escrever mais 6750 caracteres

Sua pergunta e as respectivas respostas serão publicadas no site. Este serviço é gratuito e não substitui uma sessão de terapia.

Enviaremos a sua pergunta a especialistas no tema, que se oferecerão para acompanhar o seu caso pessoalmente.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

Coloque um apelido para manter o seu anonimato

Sua pergunta está sendo revisada

Te avisaremos por e-mail quando for publicada

Esta pergunta já existe

Por favor, use o buscador para conferir as respostas

Psicólogos 10300

Psicólogos

perguntas 6750

perguntas

respostas 28450

respostas