Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

Escravos um do outro

Feita por >rcelia · 9 mar 2015 Terapia de casal

Há nove anos namoro, com intervalos de larga e volta intermináveis. Quando estamos juntos brigamos, separados a dor de ambos é tão forte que voltamos como escravos dessa situação. São pequenos momentos no céu e longo tempo no inferno... Somos muito diferentes na afinidade, reconhecemos que estamos presos e condenados... Eu tenho 43 anos e ele 50 anos. Nos consideramos adultos e de bom senso, exceto em relação a nosso relacionamento, que extraímos o pior um do outro. Muitas disputas e frustrações, não conseguimos nada, nenhum projeto de vida em comum. Socorro...

Resposta enviada

Em breve, comprovaremos a sua resposta para publicá-la posteriormente

Algo falhou

Por favor, tente outra vez mais tarde.

A melhor resposta

Oi Celia bom dia.
Acredito que a primeira coisa a fazer é você tentar lembrar o que te atraiu nele. Isso porque algumas vezes ficamos com alguém para preencher ou satisfazer algo de que sentimos falta, procure identificar isso. Segundo, uma relação serve para nos da prazer, para nos fazer crescer e para compartilhar a vida, repare se está funcionando em algum desses quesitos. Outra coisa importante a observar, você diz que quando estão separados a dor é grande, mas sabia que essa dor pode ser costume e não amor? Sim querida, nós nos acostumamos a qualquer coisa e o medo de ficar sozinhos às vezes nos leva a um caminho que não é bom para nós.
Seja sincera consigo, mas eu acredito que existem muitas possibilidades de você ser feliz, é hora de procurar um profissional para te auxiliar nessa jornada, desejo muita sorte e amor de verdade!

Abraço,

Marianne Coêlho.

Marianne Coêlho Psicólogo em Fortaleza

22 respostas

1724 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Célia bom dia!
Sugiro que você procure um profissional com certa urgência. Essa situação desgasta física e emocionalmente qualquer pessoa e isto gera as discussões constantes. Pareceu-me que a relação de vocês está pautada no apego e isto certamente é destrutivo.
Se você estiver em São Paulo posso ajudá-la.
Abraço.

Soraya Alves Almeida Psicólogo em São Paulo

13 respostas

78 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Querida Célia, creio que vocês possam estar muito cansados atualmente, muito machucados também. Sem dúvida alguma recomendo que qualquer um dos dois busque rapidamente um psicólogo de confiança, vocês não precisam necessariamente de terapia de casal e muito menos que os dois estejam no psicólogo, mas algum dos dois deve estar, caso os dois possam ir, melhor ainda!

Célia, vocês podem estar presos por alguma carência, alguma dependência, uma fraqueza de ambos, o relacionamento está doentio pelo que me fala, porém isso não significa que vocês não possam dar certo enquanto casal. Deixo uma frase para você pensar melhor sobre isso.

"Não faça do outro a metade da laranja pois quando ele se vai você fica pela metade"

Boa sorte para os dois.

Clínica de Psicologia Daniel Rodrigues da Silva Psicólogo em Araraquara

11 respostas

193 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Bom dia Célia, independente de qual decisão for tomar em relação ao seu relacionamento, o mais importante seria buscar o autoconhecimento. Em primeiro lugar você deve estar bem para estar em uma relação. Busque orientação de um profissional. Acredito que ao se conhecer melhor você saberá identificar o que te mantêm nessa relação. Espero ter ajudado.

Vanessa Silveira Castro Psicólogo em Fortaleza

14 respostas

164 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Bom dia Célia. Seu pedido de socorro já é um sinal de que esta querendo dar um basta. Relações amorosas e conflitantes desgastam o casal. Procure aprender com os instintos de aproximação, que tipo de carência esta por trás. Acredito que o apoio de um profissional ajudará a encontrar respostas. Saudações, Célia Jovanka.

Célia Jovanka Psicólogo em Salvador

124 respostas

6547 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Psicólogos especializados em Terapia de casal

Ver mais psicólogos especializados em Terapia de casal

Outras perguntas sobre Terapia de casal

Explique seu caso aos nossos psicólogos

Publique a sua pergunta de forma anônima e receba orientação psicológica em 48h.

50 Você precisa escrever mais 7700 caracteres

Sua pergunta e as respectivas respostas serão publicadas no site. Este serviço é gratuito e não substitui uma sessão de terapia.

Enviaremos a sua pergunta a especialistas no tema, que se oferecerão para acompanhar o seu caso pessoalmente.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

Coloque um apelido para manter o seu anonimato

Sua pergunta está sendo revisada

Te avisaremos por e-mail quando for publicada

Esta pergunta já existe

Por favor, use o buscador para conferir as respostas

Psicólogos 10600

Psicólogos

perguntas 7700

perguntas

respostas 28950

respostas