Como superar uma traição?

Feita por >Ana · 30 mar 2017 Terapia de casal

Convivo em união estável há cerca de 5 anos. Durante todo o ano de 2016 passei envolvida com o último ano de faculdade e com o TCC. Nesse período, meu companheiro demonstrou grande apoio me auxiliando no que era possível. Ele também cursava faculdade, no entanto, no período noturno, em razão do trabalho diário. No mês de outubro, encontrei no facebook uma solicitação de amizade de uma outra garota, e coincidentemente, a mesma garota havia adicionado ele em um grupo no whattsapp. Naquele momento tive uma sensação ruim (uma espécie de pressentimento) e após uma leve discussão eu disse que não queria amizade com a guria. Ele vinha sempre comentando que vários colegas tinham visões políticas egoístas, e que somente uma colega o apoiava em seus comentários na aula (nunca imaginei que fosse a mesma). Até que, no dia 16 de dezembro, quando ele me mostrava o facebook, vi que a dita garota estava dentre seus amigos. Naquele momento fiquei desconfiada, e começamos a discutir, pois eu havia pedido pra que não fossem amigos. Ele se enrolou todo, começou a pedir desculpas. Brigamos bastante, mas no fundo eu não imaginava que algo havia acontecido. Até que, momentos depois ele criou coragem e contou que havia me traído com a garota. Lembro que ele disse ter sido apenas um beijo. Naquele momento botei ele pra fora de casa, foi a pior coisa que já me aconteceu. No outro dia, não conseguia parar de chorar e ele acabou voltando pra casa. O pior de tudo, é que eu pedi pra que ele voltasse, implorei até, pois me sentia muito sozinha. Vejo que sou uma coitada, uma fraca. Ele me contou que a garota deu em cima dele e que agarrou ele. Entretanto eu não consigo acreditar. Verifiquei no GPS dele, e descobri que antes de eu descobrir da traição, ele havia pesquisado o endereço de trabalho dela. Perguntei a ele, e ele disse que só havia passado na frente por curiosidade. Isso me destrói por dentro, pois sei que ele talvez tenha sentido algo a mais por ela. Me sinto a segunda opção. e não passa um dia que eu não lembre de todas essas situações horríveis. Estamos juntos, ele parece gostar de mim, tanto que aceita as atitudes possessivas que tenho hoje. Agora tenho controle total da vida dele e das redes sociais. Sei que nada mais acontece. Mas as lembranças permaneceram e é bem complicado lidar com isso. Cheguei a entrar em contato com a garota (pra ver o meu nível de maníaca) dizendo ser a ex namorada dele e perguntando o que havia acontecido entre eles, mas o que mais surpreendeu foi o fato dela ter dito que nunca aconteceu nada entre eles e que ele sempre era muito respeitoso.

A dor tem diminuído com o tempo, mas não passa um dia que eu não lembre do acontecido, sem contar os pesadelos constantes.

Resposta enviada

Em breve, comprovaremos a sua resposta para publicá-la posteriormente

Algo falhou

Por favor, tente outra vez mais tarde.

A melhor resposta 11 MAI 2017

Todos têm potencial inexplorado!

Atendimento e acompanhamento psicológico. Destinado a todo aquele que:
* necessita de diagnóstico quanto ao nível de alterações no comportamento, na personalidade e na cognição, bem como o nível de gravidade de determinadas lesões cerebrais e transtornos de aprendizagem; 

* deseja identificar potencialidades e dificuldades cognitivas;

* busque expressar seus conflitos e dificuldades, ultrapassar os obstáculos que o impedem de integrar-se e adaptar-se adequadamente ao meio social;

* busque otimizar desempenhos em concursos, provas e processos seletivos.


Atenciosamente,
Aline De Coster

Espaço Aline De Coster Psicólogo em Rio de Janeiro

594 respostas

22835 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

23 ABR 2018

Olá, Ana, tudo bem? O seu relato demonstra um momento de muita insegurança emocional, pois está ainda pensando em uma traição que talvez não tenha acontecido, descreve um controle excessivo de redes sociais e comportamentos possessivos. Parece que você tem consciência do exagero, pois fala em "nível de maniaca". Procure retornar ao comportamento anterior, pois ninguém aguenta muito tempo tanto controle. Assim, você, e não a outra, acabará por afastar o seu companheiro. Uma profissional psicóloga poderá te ajudar a aumentar a autoestima e devolver a sua segurança e confiança. Desejo o melhor, Att, Verena Freire.

Verena Freire Psicologia do Esporte Psicólogo em Salvador

28 respostas

1934 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

23 AGO 2017

O trabalho do analista consiste em despertar aquilo que já existe dentro da pessoa. É a arte de despertar o sujeito para seu potencial criativo genuíno. A finalidade não é curar, e sim favorecer o crescimento interior por meio das dificuldades pessoais.
No decorrer do trabalho analítico há a proposição de que pelo falar, pelo escutar e pelo fazer criativo nos confrontamos com nós próprios. Pôr-se em processo analítico é possibilitar o existir permeável a outros saberes. É despertar para o próprio caminho de vida como processo natural com sentido, finalidade e objetivo; é a experiência interior.
A experiência interior se torna experiência de vida quando vivida com todas as suas implicações. Atenciosamente, Aline De Coster

Espaço Aline De Coster Psicólogo em Rio de Janeiro

594 respostas

22835 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

1 ABR 2017

Ola Ana, depois de ler o seu relato e perceber pela sua fala o nível de sofrimento que a experiência com esta situação de traição lhe causou trazendo danos ao seu estado emocional e afetivo a trabalhar numa terapia psicológica estas demandas numa terapia de casal ou individual para que você não se prejudique e se fortaleça emocionalmente. Att. á Psicóloga Ussénade!

Ussénade Maria de Oliveira Psicólogo em Recife

703 respostas

27140 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

31 MAR 2017

Olá Ana!
A traição foi muito traumática e é notável os prejuízos emocionais que estão causando.
É importante que você procure ajuda de um psicólogo para que seja possível elaborar este evento e dar continuidade em seu relacionamento ou então busquem psicoterapia para casais para que o assunto seja dividido e superado.

Fico a disposição

Maitê Hammoud

Maitê Hammoud Psicólogo em São Paulo

1535 respostas

39406 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Psicólogos especializados em Terapia de casal

Ver mais psicólogos especializados em Terapia de casal

Outras perguntas sobre Terapia de casal

Explique seu caso aos nossos psicólogos

Publique a sua pergunta de forma anônima e receba orientação psicológica em 48h.

50 Você precisa escrever mais 9650 caracteres

Sua pergunta e as respectivas respostas serão publicadas no site. Este serviço é gratuito e não substitui uma sessão de terapia.

Enviaremos a sua pergunta a especialistas no tema, que se oferecerão para acompanhar o seu caso pessoalmente.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

Coloque um apelido para manter o seu anonimato

Sua pergunta está sendo revisada

Te avisaremos por e-mail quando for publicada

Esta pergunta já existe

Por favor, use o buscador para conferir as respostas

Psicólogos 10900

Psicólogos

perguntas 9650

perguntas

respostas 31950

respostas