Como saber quem eu realmente amo?

Feita por >luiza · 20 set 2019 Terapia de casal

Aos 12 anos conheci uma pessoa virtualmente. Ele era um pouco mais velho , tinha seus 16 anos . existia uma distancia de 750 km entre nós porem não nos impediu de criar um vinculo muito forte ao ponto de se falar todo dia e quase toda hora . De uma amizade forte percebemos dos dois lados que estava virando sentimentos mais complexos e então falamos o primeiro "eu te amo" a intimidade cresceu e trocávamos fotos mais intimas e ate mesmo quando falávamos por skaype. porem depois de 2 anos assim , circunstancias não muito boas me fizeram terminar essa "relação " sem ao menos der tempo de nos conhecer pessoalmente .

Hoje tenho 20 anos e ele 24 . ambos estão casados e com filhas .
sempre mantivemos contado pois a boa a amizade continuou ( com uma frequência beeeeem menor ). A dois dias atras eu sonhei com ele e passei o dia pensando nele, tentei falar com ele mas não foi possível naquele dia no outro dia quando eu fui falar com ele , ele me ligou e ficamos três horas em ligação conversando e rindo .

eu gosto muito do meu marido , mas comecei a desconfiar se eu realmente amo ele , pq agora o fulano não sai da minha cabeça e o sentimento para ser do lado dele também ... mas nunca nos conhecemos pessoalmente ,o que me trás o medo disso tudo talvez ser curiosidade... mas não consigo para de falar com ele e me sinto tao bem quando faco isso .


estou confusa e isso esta me enlouquecendo .

Resposta enviada

Em breve, comprovaremos a sua resposta para publicá-la posteriormente

Algo falhou

Por favor, tente outra vez mais tarde.

A melhor resposta 23 SET 2019

Oi Luísa! A sua história é interessante, mas, uma vez que está casada e com filho e ele também, deve procurar por ajuda de um profissional da psicanálise/psicologia, para tratar e esclarecer essas questões, porque pode ser uma idealização sua a respeito de alguém, que nem conhece pessoalmente e que passa o tempo rindo e feliz nesses momentos. quem não quer isso? todo mundo! repense sua história e procure ajuda e se isso for realmente verdade, você tomará decisões duradouras e não por curiosidade, como afirma. Boa sorte!

Cleide Marchiotti Psicóloga - Psicanalista Psicólogo em Maringá

27 respostas

24 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

22 SET 2019

Luiza, veja, voce criou uma fantasia em torno dele, segundo as tuas necessidades de afeto e de carinho. Não se conhecem presencialmente. Hoje estás casada, mas continuas fantasiando as coisas. Porque não fala para teu marido tuas necessidades? O sonho apenas usou uma imagem criada por voce para expressar a tua necessidade: afeto, amor, sexo, estou supondo apenas porque não sei o que rola entre voce e teu marido. Diz que o ama, porém, o que é o amor? Talvez não seja amor... Amor é algo muito maior. Se ama ele, porque não é verdadeira com ele? Voces não se falam tudo. Muitas coisas voce esconde e possivelmente ele também esconde de ti... isto cria muros. Então, veja o que queres fazer. Porém, na situação em que estás, se alimentar o diálogo com teu "amor oculto" podes terminar com o teu casamento e ainda pode não dar certo com o pretendente oculto.

Geime Rozanski Psicólogo em Brasília

886 respostas

487 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

22 SET 2019

Olá Luiza,
realmente vc está vivendo uma dicotomia na sua vida. Está entre o desconhecido que lhe preenche sempre que fica em contato com ele e o companheiro que lhe avompanha na vida. Vc querer saber o que sente por um e por outro já é um passo muito grande. Aprendendo sobre nós mesmos começamos a conseguir escolher com mais responsabilidade e assertividade. Busque em você o que realmente sente.
Qualquer coisa estou à disposição.

Maria Virgínia Campos Rocha Psicóloga Psicólogo em Rio de Janeiro

9 respostas

4 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

22 SET 2019

Primeiro tens que amar a si mesma. Amor não é necessidade. Isto é carência. O oytro não pode satisfazer uma carência sua. Voce tem que ser feliz por si mesma. Este é o princípio.

Geime Rozanski Psicólogo em Brasília

886 respostas

487 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

21 SET 2019

Olá Luiza Oliveira! Obrigado por participar. Desculpe-me a fala direta: O conhecimento de uma pessoa na rua é muito pobre, precisamos interagir e observá-la interagindo, resolvendo questões de vida; o conhecimento virtual é paupérrimo! O amor é uma construção; essa construção se solidifica se humaniza com a tolerância e persistência no convívio do dia-a-dia. A paixão, sem convívio, alimenta fantasias conforme a conveniência do apaixonado. Não se conhece pessoas apenas pelo que elas falam, se conhece percebendo como elas vivem organizam rotinas, vestem-se, praticam buscas da vida, como estudo, saúde, trabalho, cidadania, dentre outros. Coloco-me à disposição para aprofundamentos. Um abraço: Ary Donizete Machado.

Ary Donizete Machado Psicólogo em Limeira

1816 respostas

928 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

21 SET 2019

Isso é muito interessante! Faz-se necessário falar sobre isso!

Julio Cesar Spehar Psicólogo em Santo André

322 respostas

22436 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Psicólogos especializados em Terapia de casal

Ver mais psicólogos especializados em Terapia de casal

Outras perguntas sobre Terapia de casal

Explique seu caso aos nossos psicólogos

Publique a sua pergunta de forma anônima e receba orientação psicológica em 48h.

50 Você precisa escrever mais 9600 caracteres

Sua pergunta e as respectivas respostas serão publicadas no site. Este serviço é gratuito e não substitui uma sessão de terapia.

Enviaremos a sua pergunta a especialistas no tema, que se oferecerão para acompanhar o seu caso pessoalmente.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

Coloque um apelido para manter o seu anonimato

Sua pergunta está sendo revisada

Te avisaremos por e-mail quando for publicada

Esta pergunta já existe

Por favor, use o buscador para conferir as respostas

Psicólogos 10900

Psicólogos

perguntas 9600

perguntas

respostas 31850

respostas