Como posso ajudar o meu pai a parar de beber?

Feita por >Ranielle · 16 dez 2019 Alcoolismo

Ele tem problema é não pode bebê, mas bebê, e sempre quando bebe no final ele sempre acaba tendo crises, convulsões etc.. Mas em meio quando ele começa e a crise, afeta muito dentro de casa, eu como fila não consigo dormi, fico angustiada de mais, com o peito muito apertado, ele já tem 50 anos, e nos temos um bar, ele chega a ir no bar beber de madrugada, sempre q eu questiono ele, ele briga comigo, ele fala coisa com minha ame, pega a faça e muito ruim, antes ele tinha essas fases 1 VEZ no ano, agora começou a ficar mais vezes, só este ano já foram umas 5, e em uma destas ele pode ir pro hospital e não voltar mais, e issso afeta muito em mim, eu tenho medo de fazer algo também porq e uma angústia gigante, mas só me Seguro porque sinto que não posso deixar minha mãe sozinha com isso❤ ele não aceita AA, médicos tbm ele tem receio, sempre quando acontece ele fala q não vai mais beber, vai na missa, mas depois volta denovo, ME DEEM UM CONSELHO

Resposta enviada

Em breve, comprovaremos a sua resposta para publicá-la posteriormente

Algo falhou

Por favor, tente outra vez mais tarde.

A melhor resposta 17 DEZ 2019

Olá Ranielle! Grato por participar. Vocês tem um bar, pelo que você relatou. É impossível desfazer do bar? Seu pai, após algum tempo, depois de passar por crises ruins, ele acaba por ir à missa. Isso é um sinal bom. Quando você fala que ele não aceita médicos, você está também, considerando psicólogos? Talvez seja interessante pensar maneiras de fazê-lo sentir-se útil em situações que inviabilizem a bebida. Por exemplo, ajudar em alguma coisa que ele é considerado mais capaz do que outros. De certa forma ele precisa sentir-se valorizado. De outra forma ele precisa encontrar dificuldades para não beber. Será muito útil você, que quer ajudar seu pai, fazer consultas com psicólogo para detalhar o histórico do seu pai e a situação em que vivem, para que se possa pensar na integração entre o comportamento de vocês e o comportamento indevido do seu pai, de forma a modificar esse hábito de beber. Coloco-me à disposição para aprofundamentos. Um abraço: Ary Donizete Machado.

Ary Donizete Machado Psicólogo em Limeira

1806 respostas

922 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

17 DEZ 2019

Oi Ranielle
Pega teu pai e combine uma conversa, tu e ele. Somente voces dois, mas não em casa, não no bar, um lugar sem que outros ouçam, sem que ninguém saiba.
Mas combine que quando um fala o outro escuta, sem interromper, sem desistir, sem sair correndo.
Fala pra ele da angústia que tu fica quando ele bebe, porque tu ama ele e não queria que acontecesse coisa ruim para ele.
Diga que tu percebe que ele não é feliz, porque ele bebe. Quem bebe desse jeito é porque não é feliz, quer fugir, esquecer alguma coisa... ele deve saber dentro dele.
E que é covardia ter um problema e querer fugir dele tomando, se alcoolizando...
Que ninguém pode resolver o problema dele, ele deve resolver.
Ele pode contar com outras pessoas, mas ele precisa confiar...
Procura estabelecer uma relação de confiança com ele, ser amiga dele e deixe ele desabafar.

Geime Rozanski Psicólogo em Brasília

875 respostas

484 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

17 DEZ 2019

A maior dificuldade de alguém que enfrenta a dependência, segundo diversos estudos, é o reconhecimento de que se está doente. A doença acaba afetando todos de seus círculos sociais, especialmente os de sua família. Os Centros de Assistência Psicossociais especializados em álcool e outras drogas (CAPS-AD) estão presentes em inúmeros municípios brasileiros e são referência em atendimento gratuito a vítimas dessa doença. Você é sua mãe podem buscar pelos serviços oferecidos nestes importantes lugares. O movimento de vocês em buscar ajuda Para Vocês, pode ter influência positiva na autopercepção de seu pai, mas, antes de tudo, vai lhes ajudar a compreender toda a situação e encontrar meios próprios para enfrentar essa e outras.
Caso tenha condições financeiras, pode buscar psicólog e iniciar tratamento psocoterápico individual ou familiar com esse profissional.
Desejo que tudo se transforme para melhor. Estamos à disposição.

Ozanan M. Sobrinho Psicólogo em Teresina

18 respostas

7 pontuações positivas

Fazer terapia online

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Psicólogos especializados em Alcoolismo

Ver mais psicólogos especializados em Alcoolismo

Outras perguntas sobre Alcoolismo

Explique seu caso aos nossos psicólogos

Publique a sua pergunta de forma anônima e receba orientação psicológica em 48h.

50 Você precisa escrever mais 9600 caracteres

Sua pergunta e as respectivas respostas serão publicadas no site. Este serviço é gratuito e não substitui uma sessão de terapia.

Enviaremos a sua pergunta a especialistas no tema, que se oferecerão para acompanhar o seu caso pessoalmente.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

Coloque um apelido para manter o seu anonimato

Sua pergunta está sendo revisada

Te avisaremos por e-mail quando for publicada

Esta pergunta já existe

Por favor, use o buscador para conferir as respostas

Psicólogos 10900

Psicólogos

perguntas 9600

perguntas

respostas 31800

respostas