Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

Como identificar e conduzir uma criança superdotada intelectualmente

Feita por >Viviane Peres · 24 set 2013 Superdotados

Meu filho aprendeu a ler sozinho aos 3 anos e meio, mostra habilidade em fazer cálculos de cabeça, agora tem 5 anos e sempre mostrou grande habilidade em memorizar, como por exemplo, aos 2 anos sabia todas as marcas de carros possíveis (inclusive importadas), domina o calendário entre outras coisas. Como identificar e conduzir uma criança superdotada intelectualmente?

Resposta enviada

Em breve, comprovaremos a sua resposta para publicá-la posteriormente

Algo falhou

Por favor, tente outra vez mais tarde.

A melhor resposta

Olá Viviane,
Para que se faça a avaliação do seu filho são necessárias sessões que envolvam tanto observação, como avaliação a partir de testes cognitivos próprios do uso do psicólogo, outra postura seria um trabalho junto à escola que o seu filho estuda para observação e diálogo junto aos professores e a psicóloga escolar. Caso seja realmente diagnosticado como uma criança superdotada é necessário pensar nas condutas a serem utilizadas com o seu filho, o que não se trata de uma cartilha, pois cada ser é único. No entanto, o que podemos salientar é que na maioria das vezes é necessário um acompanhamento psicoterápico para aprender a lidar com as habilidades, pois muitas vezes acabam entrando em sofrimento por ser diferente dos coleguinhas que o cercam.

Espero ter respondido a contento, caso precise de maiores informações entre em contato pelo formulário e peça para falar com um dos diretores da clínica, o Dr. Rafael Barros ou comigo, Roberta Innecco.

Atenciosamente,
Roberta Reis Innecco
CRP 11/05631

Clínica Arcádia Psicologia Psicólogo em Fortaleza

4 respostas

61 pontuações positivas

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Olá Viviane,

Pelo seu relato, percebe-se que seu filho tem interesses e habilidades pouco frequentes em crianças da mesma idade. No entanto, apenas uma avaliação neuropsicológica criteriosa poderá confirmar se ele possui mesmo altas habilidades cognitivas. Costumamos considerar para essa hipótese diagnóstica não apenas o valor do QI, mas também outras características da criança, como motivação e criatividade. É importante saber que crianças com altas habilidades não são "boas em tudo" e precisam de uma atenção especial. Na avaliação, conseguimos identificar quais são os pontos mais e menos fortes do funcionamento cognitivo e investigamos também as questões comportamentais e socioemocionais que podem acompanhar o quadro, fornecendo ao fim do processo orientações individualizadas e encaminhamentos com o propósito de estimular o desenvolvimento das habilidades da criança e atenuar possíveis dificuldades emocionais e de socialização. Espero ter respondido sua dúvida e desde já coloco-me à disposição para mais esclarecimentos! Abraços,

Roberta Barrocas
Psicóloga
CRP-11/10050

Roberta Barrocas Psicóloga Psicólogo em Fortaleza

3 respostas

528 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Viviane,
Há testes específicos que podem identificar se é uma habilidade desenvolvida de forma prematura ou se o QI é realmente elevado. Procure um psicólogo na sua cidade ou no CRP local que você verificar isso de forma breve ou permanente.

Juliana Galhardi Martins - CRP: 06/76.313

Juliana Galhardi Martins Psicólogo em Ribeirão Preto

18 respostas

2165 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Bom dia, Viviane!

Os últimos 50 anos de estudos em Psicologia e Psiquiatria, vem de um lastro de investigações que identificam que a personalidade é aprendida, formal ou informalmente. Podemos dizer também, estimulada. As crianças muito estimuladas, ficam muito desenvolvidas, as crianças pouco estimuladas, ficam pouco desenvolvidas.
A estimulação de uma criança é cotidiana, com tudo que ocorre ao seu redor, com tudo que ela vê, ouve, lhe ensinam, etc... Enfim... seguramente o seu filho foi muito estimulado e adquiriu muitas habilidades.
Que bom, pois se continuar a ser estimulado, pode ser uma criança, adolescente e adulto saudável, inteligente e bem sucedido. A compreensão de que somos construídos é fundamental em casos como o do seu filho, porque o mais comum é entender que "ele é" diferente, e justamente passar a fazer testes e observações e transformá-lo num garoto fenômeno, num objeto de estudo, o que o isola e o prejudica.
A preocupação que você demonstra é fundamental, pois de fato deve buscar orientação profissional, de modo a ter boas condições emocionais de lidar com o seu filho, sem torná-lo "especial", sem escola "especial", cuidado "especial", todas, formas de exclusão e solidão!
Em tempos de psiquiatrização da educação e da sociedade, que felizmente vem sendo tão criticada, não vai faltar um rótulo para o seu filho, o que seguramente vai estragar o futuro dele. É importante a compreensão de que uma criança ensinada, aprende, e que ninguém nasce isso ou aquilo, torna-se!

Abraços ,

Psic. Ana Cláudia de Souza - Consultório Relações - Psicologia e Psicoterapia

Relações Psicologia e Psicoterapia Psicólogo em Florianópolis

31 respostas

3134 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Boa noite Viviane Peres, tudo bem?
Pelas informações relatadas por você mãe, não há mais nada para identificar, com certeza seu filho é diferente, e como se diz comumente, ele não tem uma inteligência diferenciada apenas. Seu filho é portador de altas habilidades e superdotação. Quanto a como conduzi-lo, você precisa encontrar uma instituição que trabalhe diretamente com pessoas com altas habilidades e superdotação para que ele possa se desenvolver. No entanto, ao que concerne a forma de tratamento que vocês devem dar para ele, essa deve ser a mais normal e tranquila possível para que ele não venha a se tornar uma criança com problemas emocionais. Tudo deve ser encarado como sendo natural, pois ele já sabe e se sente diferente de outras crianças, e essa diferença pode trazer para ele sérias consequências do tipo agressividade, isolamento e falta de interesse pelas coisas comum da sua vida cotidiana.
Abraços,
Edjane Aniceto da Rocha

Edjane Aniceto da Rocha Psicólogo em Salvador

18 respostas

2547 pontuações positivas

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Olá Viviane!
Pelas características citadas realmente é um garoto com uma inteligência diferenciada. Acho que o melhor a fazer no caso do seu filho é procurar uma escola que saiba como tratar a educação e formação dele, através de métodos convencionais ou metologia Waldorf, o que for do agrado de vocês pais.
Quanto ao relacionamento com a família, amigos e outras crianças tratá-lo o mais naturalmente possível com amor, carinho, compreensão e limites (pois são importantes por acolherem). Ele pode ser intelectualmente adiantado para a idade cronológica o que não faz dele um garoto de 5 anos emocionalmente falando. Dosar cada caracteristica é o mais importante nesse momento.

Boa sorte, se precisar de mais alguma dica ou informação é só entrar em contato novamente.

Att.
Rosanna Ré

All Family Psicólogo em Santos

36 respostas

3849 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Psicólogos especializados em Superdotados

Ver mais psicólogos especializados em Superdotados

Outras perguntas sobre Superdotados

Explique seu caso aos nossos psicólogos

Publique a sua pergunta de forma anônima e receba orientação psicológica em 48h.

50 Você precisa escrever mais 7650 caracteres

Sua pergunta e as respectivas respostas serão publicadas no site. Este serviço é gratuito e não substitui uma sessão de terapia.

Enviaremos a sua pergunta a especialistas no tema, que se oferecerão para acompanhar o seu caso pessoalmente.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

Coloque um apelido para manter o seu anonimato

Sua pergunta está sendo revisada

Te avisaremos por e-mail quando for publicada

Esta pergunta já existe

Por favor, use o buscador para conferir as respostas

Psicólogos 10600

Psicólogos

perguntas 7650

perguntas

respostas 28950

respostas