Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

Como conseguir identificar e controlar a ansiedade?

Feita por >Thalia em 15 Out 2019 Ansiedade

No ápice do estresse, me vejo desesperada, chorando com falta de ar, coração acelerado... e não sei o q fazer.

Resposta enviada

Em breve, comprovaremos a sua resposta para publicá-la posteriormente

Algo falhou

Por favor, tente outra vez mais tarde.

A melhor resposta

O melhor a fazer é analisar AS ORIGENS do estresse, a fonte do desespero. Para isso, um bom caminho é o tratamento psicanalítico. Quanto ao que fazer no ápice das crises, foco da tua questão, infelizmente há muito poucas estratégias, e em geral elas são ineficientes.

Daniel Polimeni Maireno Psicólogo Psicólogo em Apucarana

1 resposta

1 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Olá Thalia,
Crises de estresse produzem sintomas físicos, sim. Nestes momentos faça o mais simples: respire. Inspire o mais lento que conseguir, segure um pouco. Expire, lentamente, segure um pouco e solte. Isso vai lhe ajudar nesse momento critico. Então procure pessoas amigas e profissionais que possam lhe auxiliar a compreender a situação e, a encontrar estratégias que possam lhe auxiliar. Situações difíceis fazem parte. Tenha certeza: elas passam. O que precisa ficar é o aprendizado adquirido com a experiência. Tudo de bom para você.

Analise Knopf Psicólogo em Blumenau

6 respostas

3 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Olá Thalia!
É necessário entender de onde vem este estresse que provavelmente está desencadeando um ataque de pânico.
Seria importante uma terapia para entender o que desencadeia até que consiga lidar sem ocorrer a crise.

Daniela Ghetti Elizeu Psicóloga Psicólogo em Cabo Frio

1 resposta

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Olá Thalia, bom dia! Posso imaginar o tamanho da sua angústia em relação ao que sente, porém é de extrema importância você procurar uma ajuda psicológica o quanto antes para esses sintomas não piorarem, portanto sugiro que você procure por uma análise pessoal de abordagem psicanalítica.

Clínica Darodda Espaço de Psicanálise Psicólogo em Apucarana

3 respostas

1 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Olá Thalia!
A ansiedade faz parte da vida como um sentimento que pode até nos ajudar a resolver um problema pelo impulso que nos proporciona. Mas se você não está conseguindo lidar com a ansiedade, é importante você procurar identificar os momentos e os pensamentos associados à ansiedade e levar isso para ser trabalhado na psicoterapia. Também é importante você se proporcionar algum descanso e lazer para conseguir dar conta das demandas do dia a dia.

Flávia Castilho de Oliveira Psicólogo em Brasília

3 respostas

1 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Olá, tudo bem?
Os sintomas que está apresentando são comuns num quadro de ansiedade.
Existem técnicas especificas e eficazes para que consigas lidar com ela.
Porém, seria importante buscares uma psicoterapia. Nela irá aprender a identificar os sintomas, controlar e acima de tudo entender o que a deixa ansiosa, que fatores em sua vida precisam ser revistos e que demandas inconscientes estão a interferir no teu bem estar.
Boa sorte!
Abração
Patrícia

Patrícia Padilha Psicólogo em Caxias do Sul

38 respostas

25 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Olá Thalia!
Consigo compreende o que sente, estes são sintomas classicos de uma crise de ansiedade. Isto também indica que você precisa buscar ajuda, existem diversos tratamentos disponíveis hoje em dia. Você não precisa passar por tudo isto sozinha, tem profissionias capacitados para acolher sua dor e te ajudar na retomada de seu bem-estar.
Consultar um psiquiatra para um tratamento medicamentoso vai te ajudar no controle e estabilização dos sintomas e o acompanhamento psicológico vai te ajudar no alto conhecimento para compreender as causas e buscar novas estratégias de enfrentamento.
Outras terapias alternativas podem fornecer alivio necessário neste momento, são elas: meditação, Yoga, Microfisioterapia, acupuntura, Barra de Access, Reiki, e tantas outras.
O importante mesmo é que busque ajuda. Você merece este autocuidado.

Um abraço de sua psicóloga Dênia

Dênia Virginia Fonseca Psicólogo em Montes Claros

1 resposta

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Bom dia Thalia! Esses sinais físicos descritos por você, são reação do cérebro para lidar com algo interpretado como muito ameaçador. Ocorre que essas situações e outras assemelhadas, acontecem quando as pessoas permitem que sejam sobrepostas demandas culturais sobre as razoabilidades biológicas e emocionais. Procure respirar com calma, fazer planos com tolerância e flexibilidade; faça uma coisa de cada vez. Não estabeleça metas muito rigorosas que estejam além das possibilidades razoáveis. . Descanse, faça atividade física, durma corretamente, alimente-se com o mínimo possível de produtos industrializados, prefira interações reais sobre interações virtuais ou televisivas. Preste atenção nos seus sinais biológicos. Um abraço: Ary Donizete Machado.

Ary Donizete Machado Psicólogo em Limeira

658 respostas

288 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Bom dia! Tudo bem! Bom esses sintomas é bem característico de quadros ansiosos. Procura um psiquiatra para ajudar vc com uma medicação, é um psicoterapeuta para com vc identificar o que está desencadeando esses sintomas, e modificar a forma de pensar! Atendo on line, estou à disposição, abs Andréa C.

Andrea Christiano Psicólogo em Santa Rosa de Viterbo

53 respostas

1178 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Boa noite, Thalia
Então, essas questões que tu descreveu (falta de ar, coração acelerado, sensação de desespero) são sintomas comuns de transtornos de ansiedade. Associados a esses sintomas físicos, tu podes perceber que vem junto alguns pensamentos. Por exemplo, é bastante comum a pessoa pensar que vai perder o controle, ou que vai “ter um negócio” quando começa a suar, ficar nervosa e com o coração batendo muito rápido. Todas essas questões devem ser trabalhadas em terapia, a abordagem cognitivo-comportamental é a mais indicada para esse tipo de problema, pois trabalha com técnicas de relaxamento aliadas a modificação cognitiva (de pensamentos e manejo emocional) e ao aspecto comportamental (o que você faz frente a uma dessas crises, por exemplo). Talvez seja necessário você procurar, também, um psiquiatra (para tomar por um período uma medicação que vai te ajudar), mas isso a psicóloga que te atender vai avaliar junto contigo essa necessidade.
Bom, o que eu posso te indicar, mas que de forma alguma substitui a psicoterapia, são alguns exercícios de relaxamento. Respirar profunda e lentamente (inspirar pelo nariz contando até 3, segurando o ar por 3 tempos e soltando o ar pela boca em 6 tempo) ajuda muito. Mas tu tens que sentir tua barriga inflando bem quando puxa o ar e voltando ao “normal” quando você solta ele. Esse tipo de respiração trabalha toda nossa capacidade respiratória (chama-se respiração diafragmática), e deve ser praticada diariamente, por pelo menos 5min. Faça esse exercício sentada ou deitada, para que possa relaxar profundamente. Importante: treine esse exercício somente quando não estiver com a ansiedade lá nas alturas! Ele ajuda a prevenir a ansiedade, não a remedia-la. Por isso que é tão importante tu fazer terapia, entende? Porque só através da modificação de crenças é que tu vais conseguir regular sua ansiedade.
Um aplicativo que pode ajudar muito é o Meditopia, que tem alguns exercícios de relaxamento e meditação guiada, ótimo para ajudar até se você estiver com dificuldade para dormir.
Bom, espero ter te ajudado um pouco!

Valquíria Tavares Psicologia Psicólogo em Porto Alegre

3 respostas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Seria interessante você procurar ajuda de um psicólogo para que juntos possam encontrar caminhos saudáveis para lidar com toda essa ansiedade e estresse.

Cleber Mendes Psicólogo em Brasília

4 respostas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Boa noite. O acompanhamento psicologico vai te ajudar a melhorar estes sintomas, e diminuir este quadro de ansiedade.
Estou a dispidiçao.

Elisabete Ferreira Gomes Pereira Psicóloga Psicólogo em Guarulhos

30 respostas

9 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Ansiedade e depressão... duas coisas que afetam muitas pessoas. Depressão, é viver no passado. No seu caso, é viver pensando no futuro. Não apresse o rio... ele tem uma cadência e tem que seguir ele. Por que ter presa? CURTA O TEMPO PRESENTE. É o único que você tem. O futuro ainda não chegou. Não dá pra ti fazer a colheita antes do tempo... vai apodrecer. Viva melhor o teu presente.

Geime Rozanski Psicólogo em Brasília

181 respostas

84 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Ok, boa noite!
Vc precisa de ajuda para controlar essa ansiedade. Esses sintomas q vc relata são compatíveis com esse quadro. Procure na internet uma técnica da psicologia cognitiva comportamental que se chama ACALME-SE, acredito q vai te ajudar. Qualquer coisa estou a disposição.

Psicóloga Simone Neves Ferenzini Psicólogo em Juiz de Fora

9 respostas

6 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Psicólogos especializados em Ansiedade

Ver mais psicólogos especializados em Ansiedade

Outras perguntas sobre Ansiedade

Explique seu caso aos nossos psicólogos

Publique a sua pergunta de forma anônima e receba orientação psicológica em 48h.

50 Você precisa escrever mais 6300 caracteres

Sua pergunta e as respectivas respostas serão publicadas no site. Este serviço é gratuito e não substitui uma sessão de terapia.

Enviaremos a sua pergunta a especialistas no tema, que se oferecerão para acompanhar o seu caso pessoalmente.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

Coloque um apelido para manter o seu anonimato

Sua pergunta está sendo revisada

Te avisaremos por e-mail quando for publicada

Esta pergunta já existe

Por favor, use o buscador para conferir as respostas

Psicólogos 10100

Psicólogos

perguntas 6300

perguntas

respostas 27500

respostas