Como aumentar a autoestima e não ser dependente?

Feita por >Nani · 30 out 2019 Autoestima

Estou em um relacionamento onde não me sinto valorizada nem me sinto amada, vivo com dúvidas de que ele me ama de verdade, mas me apeguei demais a ele e não sei como sair disso porque sofro só de pensar em terminar mas não vejo solução. E sou dependente emocionalmente pois até o jeito de ele falar me desestabiliza e estou com a cabeça cheia de pensamentos, não sei o que fazer. Preciso de ajuda pois ja sofri com ansiedade generalizada e vez ou outra tenho crises justamente por causa das minhas preocupações em relação a este relacionamento. Estamos noivos e isso piora tudo. Pois na mesma hora que ele quer casar ele já não quer mais e isso me frustra. Quando penso no término ja sinto mal estar como se fosse ter um colapso.

Resposta enviada

Em breve, comprovaremos a sua resposta para publicá-la posteriormente

Algo falhou

Por favor, tente outra vez mais tarde.

A melhor resposta 16 DEZ 2019

Bom noite Nani, aqui você relata que, já sofreu com ansiedade generalizada, mas não diz se faz tratamento terapia+medicamentos, ou não está em tratamento no momento?

Olha Nani em um relacionamento o ideal é que o casal tenha cumplicidade, carinho, amor, respeito para que ambos possam ter uma convivência tranquila para caminharem lado a lado, ajudando um ao outro nos momentos difíceis não só na alegria, pense um pouco sobre isso, responda para você mesma, por que casar sem se sentir valorizada pelo seu noivo? Por que ele te trata assim? Você acha que merece ser tratada assim?

Nani posso responder a sua pergunta, "Como aumentar a autoestima e não ser dependente?", sugerindo que, terapia nesse momento é o indicado para você, procure uma terapeuta, pois em terapia você encontrará suporte para te fortalecer, assim poderá organizar seus pensamentos, se estruturar para decidir o que viver e, principalmente o que quer para sua vida, cuidar de "você mesma" agora é o momento de começar a pensar mais em você, se valorizar para os outros não só seu noivo, mas todas as pessoas te valorizarem.

Eliane Weber Psicólogo em Salvador

545 respostas

1064 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

31 OUT 2019

Olá
Talvez o fator principal da sua angustia, esteja relacionado com a sua autoestima, a insegurança, o medo de não ser aceito. Onde ha dependência emocional, ha falta de autonomia e liberdade. Assim a relação se torna conflitante e de difícil convivência. Para Transformar e encontrar outras possibilidades, é preciso conhecer a si mesmo e se disponibilizar a rever crenças e comportamento. A psicoterapia pode ajudar muito você , procure ajuda de um profissional e acredite que irá sentir melhor.

Elaine Violeta de Oliveira Psicólogo em Belo Horizonte

1 resposta

Fazer terapia online

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

31 OUT 2019

Olá! Você se valoriza? Conhece alguém que tem certezas permanentes? Sempre, na vida, temos que ter o centro de referência em nós mesmos. Temos que considerar "verdades" para viver início, meio e fim de um determinado processo. O processo de decidir se casamos envolve potencial abrangência temporal maior do que alguns meses ou anos de convivência em casas diferentes. O nosso ser uma casa definitiva que nos acompanha sempre, o tempo todo, toda a vida, por isso, sempre precisamos ter o centro de nossas decisões atento ao nosso amor próprio. Casamento implica na soma de duas pessoas inteiras. Quem está inseguro e dependente não está inteiro nem harmônico. Cuide de si primeiro. Um abraço: Ary Donizete Machado.

Ary Donizete Machado Psicólogo em Limeira

4460 respostas

3329 pontuações positivas

Fazer terapia online

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

31 OUT 2019

Bom dia, Nani!
Perceba que você diz não se sentir amada, nem valorizada e que tem dúvidas se seu noivo te ama...Você diz também que "se apegou", se sente dependente...Onde você coloca o seu amor próprío? Você deve se amar primeiro, valorizar-se e se tem intenções de casar, não deve dar esse passo com dúvidas. Só o fato delas existirem mostra que você sabe que há algo errado nessa relação, que pelo que você disse, trás mais preocupações do que bem estar, mas
na qual você se apegou e fez planos. Não se culpe, reflita, olhe para dentro de si e encontrará as respostas. Ame-se mais, se cuide...o melhor caminho é a sinceridade, consigo mesma e com o outro. E se precisar de auxílio no decorrer desse processo, busque ajuda profissional para te acompanhar. Seja feliz e pense no amor que você deseja para si! Abraço!

Mell Mesquita Psicólogo em Belo Horizonte

2 respostas

3 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil a você?

Obrigado pela sua avaliação!

Psicólogos especializados em Autoestima

Ver mais psicólogos especializados em Autoestima

Outras perguntas sobre Autoestima

Explique seu caso aos nossos psicólogos

Publique a sua pergunta de forma anônima e receba orientação psicológica em 48h.

50 Você precisa escrever mais 16200 caracteres

Sua pergunta e as respectivas respostas serão publicadas no site. Este serviço é gratuito e não substitui uma sessão de terapia.

Enviaremos a sua pergunta a especialistas no tema, que se oferecerão para acompanhar o seu caso pessoalmente.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

Coloque um apelido para manter o seu anonimato

Sua pergunta está sendo revisada

Te avisaremos por e-mail quando for publicada

Esta pergunta já existe

Por favor, use o buscador para conferir as respostas

Psicólogos 12550

Psicólogos

perguntas 16200

perguntas

respostas 46350

respostas