MundoPsicologos.com
No Google Play Na App Store

Como agir para acabar com o medo da minha filha de dormir sozinha?

Feita por >Júnia Samantha Diniz>. 11 Jan 2018 5 respostas  · Medo

Sou mãe solteira de durante alguns anos permiti que minha filha dormisse na minha cama junto comigo. Hoje ela tem 5 anos e estou tentando fazer com que durma sozinha em sua cama, porém ela tem acordado várias vezes durante a noite, alega estar com medo de bruxas, ladrões e várias outras coisas, chora muito e implora que eu deite com ela. Já tentei de todas as formas, agora resolvi punir ela toda vez que me chamar, não deixando que ela assista ou faça algo que goste no dia seguinte, isso está correto?

medo , mãe

A melhor resposta

Olá!
É compreensivo que sua filha ainda deseje manter a ação de dormir com a mãe, tendo em vista que por muitos anos foi assim, pelo que pude entender. Porém é saudável sua decisão de querer exercer essa separação, é importante que a criança e os pais tenham seu canto, seu espaço.
Acredito que punição não seja o melhor caminho na facilitação dessa mudança, pelo simples fato de que torna o medo que ela relata sentir ainda mais intenso, pois além de ter medo ela ainda pode associar que não pode contar pra ninguém. Diante disso, e pelo pequeno relato que você trouxe, é fundamental que nesse momento você seja uma rede de apoio para ela, acolha seu medo, suas angústia e seja um porto seguro contra esses medos. Torne o ambiente do quarto um espaço de afeto para ela, vocês podem ler juntas antes de dormir, a convide a se apropriar desse espaço da forma que for mais conveniente para vocês, através de decoração, disposição dos móveis e etc. É um processo que pode demandar bastante tempo, mas o importante é que você esteja aberta a construir junto com sua filha.
Um profissional de psicologia poderá lhe ajudar nesse processo, busque ajuda!
Espero ter auxiliado e me coloco a disposição para maiores esclarecimento!

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

Boa noite Júnia nessa situação você tem que ter muita paciência, pois para uma criança de 5 anos as mudanças repentinas não são aceitas facilmente, aliás, para outras faixa etária também há dificuldade de mudar e, dormir sozinha para uma criança que dormiu no aconchego da mãe é muito difícil aceitar a separação, sugiro que crie estratégias para que ela comece a gostar da cama dela, do quarto, você como mãe sabe do que sua filha gosta, pode contar estórias para ela na hora de dormir, entre outras coisas da rotina da criança, se não funcionar procure orientação com uma psicóloga especializada em desenvolvimento infantil. Um abraço.

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

16 JAN 2018

Logo Eliane Weber Eliane Weber

196 respostas

529 pontuações positivas

Júnia, é normal o medo da sua filha em dormir sozinha, imaginar monstros e ameaças, afinal, você é a segurança dela. Mas falar sobre esses medos e tentar encorajá-la é um bom caminho. Também evite punições por ela te chamar, isso é mais uma resposta sua à frustração de sua filha não atender suas expectativas. Se tiver dificuldades nesse processo, busque um psicólogo que trabalha com crianças para pedir orientações mais precisas. Boa sorte.

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

13 JAN 2018

Logo Leonardo Viana de Vasconcelos Martins Leonardo Viana de Vasconcelos Martins

1037 respostas

26695 pontuações positivas

Boa noite Júnia
Com certeza punição não é o caminho.
Vcs criaram um hábito , dormirem juntas.
Mas vc não quer mais essa rotina mas sua filha quer.
Mudar hábitos requer persistência e paciência.
Não desista , volte com ela para a cama dela.
Converse um pouco, explique as suas razões para a mudança de hábito.
Tente fazer nova rotina como o horário , ler algo pra ela antes dela dormir , estabeça novas regras . mas tenha o cuidado de explicar o por que dessas novas regras.
Se precisar de um apoio prara construir essa nova rotina procure um psicólogo para fazer isso junto com vc.
Espero ter contribuido de alguma forma
Estou a sua disposição
Abraços

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

13 JAN 2018

Logo Neila Fernandes Neila Fernandes

34 respostas

1757 pontuações positivas

Oi, junia! Punição nesse caso não colabora muito com a mudança do quadro. Na verdade precisaríamos de mais detalhes da rotina de vocês pra só então indicar um caminho possível. Abraço!

A resposta foi útil a você?

Sim Não

Obrigado pela sua avaliação!

12 JAN 2018

Logo Miler Silva Psicólogo Miler Silva Psicólogo

39 respostas

178 pontuações positivas

Perguntas similares

Ver todas as perguntas
Medos sofridos pelo meu filho

7 respostas, última resposta em 22 Dezembro 2015

Medo

7 respostas, última resposta em 23 Setembro 2014

Doença mental materna pode afetar meu filho? Quais os riscos?

4 respostas, última resposta em 30 Maio 2018

Minha filha está namorando uma lésbica que usa drogas

14 respostas, última resposta em 09 Agosto 2016

Meu filho dando trabalho, parte III

7 respostas, última resposta em 01 Dezembro 2015

Devo me separar? Ou continuo por causa da minha filha?

3 respostas, última resposta em 11 Abril 2017

Por que meu marido defende sempre a sua ex?

1 resposta, última resposta em 23 Maio 2017

Sou casada há 18 anos e amo dois homens. Será?

2 respostas, última resposta em 22 Agosto 2017

Erros do passado, aborto, consequências

6 respostas, última resposta em 21 Fevereiro 2018