Sensação De Medo Ao Andar

Marcella9Marcella9
editado May 2018 em Pânico
Olá, como estão todos?

Me chamo Marcella.

Então, faz quase 3 anos que passei por situação muito difícil, pois fiquei 4 meses prostrada. Na época eu cursava Direito e já era noiva. Vivia em situação de stress, mas era a fase mais feliz da minha vida. Porém, infelizmente, por acreditar ter uma doença, eu parei a minha vida. Eu achava que todos os diagnósticos negativos estavam errados. Achava que os médicos não descobriam minha "doença". Porém, sempre fui de enfrentar meus medos desde pequena. Foi o que fiz. Passei a ter ataques de ansiedade e pânico. Fiquei muito mal, mas comecei a reagir. Assim, faço até hoje. Nunca procurei um médico para tratar isso. As crises de ansiedade passaram sozinhas, porém algo estranho permaneceu, pois, atualmente, parece que eu criei fobia de andar. Toda vez que chego em casa e tiro os sapatos eu sinto como se eu estivesse afundando a cada passo que dou. Eu enfrento isso todos os dias, mas não é fácil. As vezes acho que estou louca. Fico triste, mas não me abato, pois minha natureza e muito alegre. Sempre ajudo as pessoas.

Comentários

  • MarioDuarteMarioDuarte
    Oi Marcella.
    Eu sei como é passar por crises de pânico e ansiedade, pois também sofro com isso. Geralmente as pessoas não conseguem entender bem o que a gente sente e como é difícil lidar com isso.
    Você acha que essas tuas crises de pânico não podem ter a ver com o que aconteceu no passado?
  • Marcella9Marcella9
    Oi Mário. Como vai? Espero que esteja melhor.
    Bem, acredito que minha ansiedade tem a ver com o passado sim, infelizmente. Porém, aprendi a não deixar minha vida parar por isso. Haja o que houver. Com ou sem medo eu sigo em frente... enquanto eu tiver sopro de vida eu vou caminhar. Desejo o ânimo e coragem a você....a vcs...a nós...
  • MarioDuarteMarioDuarte
    Entendo que você não quer deixar a vida parar por causa disso, Marcella. Mas por experiência própria, acho melhor você lidar com isso agora do que deixar as coisas se acumularem.
    Eu também fui deixando a ansiedade de lado, tentando levar a vida de qualquer jeito e as coisas foram se acumulando e piorando.
    Agora que estou fazendo tratamento percebo que a vida sem ansiedade é muito melhor! rsrs
    Porque você não busca ajuda? Você tem algum medo ou receio com isso?
  • MariannescMariannesc
    Oi Marcella.
    Qual doença que você acreditava que tinha? E você ainda acha que você tem essa doença?
    Olha, eu também fiquei empurrando essa coisa de ansiedade e crises de pânico, as pessoas ficavam me falando que ia passar e que era bobeira minha. Resultado, as coisas só foram piorando com o tempo.
    Também sou da opinião de que quanto antes se busca ajuda, melhor. Queria ter tido coragem para ir atrás de ajuda antes também.
  • Marcella9Marcella9
    Oi gente. Bom dia!
    Eu comecei a sentir queimação na região abdominal. Não se dor. Sempre fui muito vaidosa e nunca adoeci, por isso a possibilidade de ter uma doença foi me aterrorizando. Até que desenvolvi crises de pânico. Tudo foi ainda pior quando tinha que ir ao médico fazer vários exames. A maldita endoscopia digestiva me traumatizou ainda mais. O pior , foi tudo por nada, pois, depois descobri que eu não tinha Absolutamente nada, pois a mesma queimação que eu sentia no abdômen comecei a sentir nas pernas e costas. Eu criei obsessão por isso. Concomitante a faculdade , trabalho e noivado, que para mim nunca foram fardo, mas realizações.
    Sempre quis consultar um psiquiatra ou psicólogo, porém é de difícil acesso. Felizmente encontrei essa página é poderei sim encontrar um.
    Atualmente estou muuuuuuuuuuito melhor, já não tenho ataque de pânico. Só aquela sensação de desequilíbrio que me incomoda.
    Mas gente, vou consultar sim um profissional.
    Muito bom saber que vcs estão bem agora. Isso aí! :-)
  • Marcella9Marcella9
    Vocês fazem terapia? Como é?
  • MariannescMariannesc
    Que bom que agora você está se sentindo melhor. Você nunca pensou que talvez essa sensação de queimação que você sentia era só o seu corpo refletindo o estresse que você estava passando?
    Eu estou fazendo acompanhamento com psiquiatra, o psicólogo eu não consegui.
    Eu tinha crises de pânico quando ficava sozinha, era uma tortura. Começava a pensar nas coisas, ficar paranoica, achando que o pior ia acontecer.
    Agora com o tratamento estou me sentindo melhor, as crises de pânico já não são frequentes e a ansiedade também melhorou muito!
  • Marcella9Marcella9
    Oi Marianne.
    Pois é, eu só descobri que a queimação era reflexo do stress depois que o estrago já estava feito. O pior é que me senti ridícula, pois tudo não passou de tempestade em copo d'água. Mas sabe, acho que tudo que agente passa serve para ensinar agnt a ser mais forte. Tenho meus pais e avós como exemplos, sofreram todo tipo de adversidades, porém, hoje, são pessoas tão confiantes e fortes. Quero ser assim um dia.
    Que você fique melhor a cada dia. Te desejo tudo de bom na vida.
  • MariannescMariannesc
    As vezes a gente pensa que podemos aguentar tudo e acabamos nem percebendo sinais como esses.
    Eu sei o que é se sentir ridícula por essas coisas. Pensa que eu tinha pavor de ficar sozinha, eu pensava que eu parecia uma criança boba, ficava até com raiva de mim mesma.
    Também espero um dia poder superar tudo isso e sair dessa mais forte. Tem que servir para alguma coisa pelo menos, não é? rsrsrs
    E agora, você pensa em iniciar algum tratamento para ansiedade?
  • MarioDuarteMarioDuarte
    Acho que na verdade muitas vezes a gente não quer aceitar que algo está acontecendo pelo estresse. Seria muito melhor e mais fácil se o problema for fisiológico, não é? Eu também cheguei a desejar que o meu problema fosse físico e não psicológico.
  • Marcella9Marcella9
    Bom dia Mario é Marianne.
    Sim, pretendo iniciar o tratamento contra ansiedade sim. Eu vou.
    Ah, tem coisas que só quem viveu poderá entender. O que parece besteira para uns é um grande drama para outros.
    Sim, Mário, eu pensava que se fosse um problema fisiológico eu tomaria um remédio e iria passar na mesma hora...mas não é assim. Não dá pra fugir dos problemas por muito tempo, não é?
    Acredito que todos nós iremos sair mais fortes, como dizia o Nietzsche: " o que não me matar irá me fortalecer".
    Sabe, devido a grandes frustrações minha vó se tornou alcoólatra. Ela bebia para se apagar totalmente. Chegando a cair na rua de tão bêbada. Ele viveu assim por anos a fio. Um tormento para toda a família. Eu não era nascida. De uma hora para outra ela se reegueu. De uma hora para outra simplesmente parou de beber. De uma hora para outra voltou a ser o alicerce de toda a família. Criou praticamente todos os netos. Cuidava das pessoas nos hospitais, dava banho comida etc. Cuidava também daqueles que estavam bêbados caídos na rua. A força que ela criou e algo que nunca vi. Não sei de onde tirou tanta força de vontade. Quando penso em ficar em casa chorando , então lembro dela e me inspira. Por que estou contando isso aqui? Pra mostrar o poder da mente. Somos capazes de vencer qualquer coisa. Eu vou procurar ajuda e vou superar tudo isso. Nós iremos superar.
    O que inspira vocês?
  • Marcella9Marcella9
    Marianne,
    Você consegue ficar sozinha já? Ta indo bem , né.
    Eu tinha horror ao escuro. Eu fui criada na região serrana do RJ, então, quem conhece sabe aquele lugar leva a palavra escuridão a sério rs. É um breu. Quando eu fiz 12 anos decidi que iria vencer esse medo. Venci. Eu passei a ir ao banheiro de madrugada sem acender a luz.Tinha que atravessar um longo trecho até o banheiro. Eu fiz isso por um tempo. Ia chorando, tremendo, quase tendo um filho já rs, mas eu ia. Hoje, eu morro de rir, mas era tenso. Por isso te entendo.
  • MariannescMariannesc
    Mais ou menos, Marcella. Dependendo do lugar eu até consigo, mas quando vou para o meu apartamento e estou sozinha começo a ficar ansiosa. Já não tenho mais as crises de pânico como antes, mas ainda não estou 100%.
    O médico recomendou que eu fizesse terapia para ajudar, mas no momento não consigo.
    Que legal que você conseguiu superar esse medo que você tinha quando criança! Imagino que deve ter sido difícil! Eu também era super medrosa quando eu era pequena, mas eu não tinha coragem de enfrentar as coisas como você! rsrsrs
  • MarioDuarteMarioDuarte
    Muito legal a história da sua Vó, deve ser ótimo ter alguém assim para se inspirar e te dar forças!
    Infelizmente eu não tenho nenhuma inspiração assim, mas o que me motiva são os meus objetivos.
    Eu acho legal que você quer enfrentar essas coisas sozinha, mas será que você realmente consegue lidar com isso ou você só acaba colocando isso "por baixo do tapete"?
  • Marcella9Marcella9
    Boa tarde !
    Você falou uma verdade, Mário. Pode ser que eu esteja só escondendo por debaixo do tapete. Não quero resolver sozinha não. Não procurei ajuda antes pois o acesso era muito difícil. Realmente era caro. Onde eu moro então é caríssimo. Não tinha opção. Mas eu não vejo a hora de começar a fazer minha terapia. Acho que vai me ajudar muito.
  • Marcella9Marcella9
    Oi Marianne
    Se você já está melhor então é algo a se comemorar!! Vc é mais corajosa do que imagina ser.
    Gente, um.grande . Fiquem com Deus.
    Acredito que algum dia iremos olhar pra trás e rir de tudo isso rs.
  • MariannescMariannesc
    Verdade, Marcella, é um progresso sim, mas tem vezes que me sinto frustrada por isso estar acontecendo. É complicado, parece uma coisa ridícula e tão fácil de enfrentar, mas o medo que está dentro da gente é tão grande e tão sem explicação que só me deixa com raiva de mim mesma.
    Não vejo a hora de poder rir de tudo isso!! rsrsrs
  • Marcella9Marcella9
    Você está tomando os remédios?
  • MariannescMariannesc
    Estou sim, Marcella. Me ajudam muito! Só espero não depender deles para sempre, sei que tem casos que as pessoas precisam tomar sempre, mas espero muito que esse não seja meu caso.
  • Marcella9Marcella9
    Acho que o remédio associado a terapia ajudaria mais, não? De qualquer forma estimo melhoras a você ( a nós rs) . Não tenha medo, talvez não tenha necessidades de tomar os remédios para sempre. Só por um tempo. De qualquer forma, melhor focar no presente. Bem, tenho tentado fazer isso. Bjs. Fique com Deus.
  • MariannescMariannesc
    Com certeza, Marcella! Eu já ouvi dizer que essas coisas são fisiológicas, mas também tem a parte psicológica. O remédio só cuida da parte fisiológica né.
    Assim que eu puder quero começar a terapia, acho que vai ser importante para eu não depender dos remédios por tanto tempo.
    E no momento, você continua estressada com as coisas que estão acontecendo ou agora está mais tranquilo para você?
  • MarioDuarteMarioDuarte
    Poder fazer um tratamento médico e psicológico ao mesmo tempo realmente é a melhor coisa. Ajuda demais.
    Eu faço os dois tratamentos e sinto que tenho melhorado cada vez mais.
    Conversar com um profissional tem me ajudado muito a entender e superar várias coisas.
  • Marcella9Marcella9
    Muitas vezes a consulta a esses profissionais é inacessível a muitas pessoas, principalmente pelo preço. Onde eu moro temos 2 psicólogos disponíveis pelo posto. Porém, raramente estes estão lá. Quando marcam pode levar até 2 meses. Então, se a pessoa quiser realmente se tratar tem que juntar muito dinheiro antes. Eu vejo pessoas que estão com o psicólogo totalmente destruído cuja única saída que encontram é a religião ou as drogas, álcool , etc. Nesse país o que impera é meritocracia, pois muitas vezes você procura ajuda de autoridade pública, mas não consegue, então, agente é obrigado a resistir e vencer tudo sozinho, por falta de opções.
  • MarioDuarteMarioDuarte
    Pior que é verdade, Marcella. Aqui mesmo na comunidade estou conversando com um rapaz que mora em uma cidade pequena, ele está passando por uma fase muito difícil e precisava muito de uma ajuda profissional, mas infelizmente ele não tem condições e o SUS na cidade dele não é muito fácil para conseguir consultas.
    É triste saber que tem tantas pessoas que estão sofrendo e não conseguem ajuda. E, infelizmente, muitas vezes a pessoa acaba se suicidando por não aguentar mais viver nessa situação.
  • MariannescMariannesc
    Parece que a saúde mental não ganha tanta atenção quanto deveria. Mas vocês conhecem alguma pessoa hoje em dia que não sofra de algum tipo de ansiedade, depressão ou algum outro distúrbio psicológico? Para mim parece que no mundo em que a gente vive todo mundo sofre de alguma coisa assim e a maioria não trata, ou por não ter condições ou até mesmo por não ter coragem ou forças de buscar ajuda.
  • Marcella9Marcella9
    E verdade, gente. Eu fico impressionada sobre o quão caro é uma consulta a um psicólogo( a ansiedade até piora kkkkk). Minha amiga namorou um cara norueguês. Ele faz tratamento psiquiátrico, pois é ex dependente químico. Ele ainda recebe uma gorda pensão do governo para que prossiga o tratamento, visto que não tem condições de trabalhar. Claro, não podemos comparar este país àquele, mas o ideal é que pessoas sejam cuidadas enquanto pessoas. Enquanto isso não Acontece eu vou juntando dinheiro para pagar pelo menos umas 4 sessões com um psicólogo. Estou fazendo isso.
    Quanto ao suicídio, sem querer julgar ou condenar ninguém, eu não consigo entender uma situação que seja a tal ponto para fazer alguém atentar contra a própria vida, talvez por não terem o apoio da família ou amigos... não sei, mas não entendo.
    Gente, esqueci de falar. Essa semana passei por situações de muito stress, porém, mesmo assim eu consegui me virar bem. Senti um medo desgraçado, mas continuei fazendo o que era necessário. Conte pra mim o que vocês venceram essa semana. Pode ser bom.
    Bjs.
    Marcella.
  • MariannescMariannesc
    Pois é, bom se no Brasil a gente recebesse pelo menos o tratamento que a gente precisa né. Mas nem isso! :(
    Acho que essa questão do suicídio é difícil de entender mesmo, acho que só quem passa por uma depressão consegue ter uma ideia da dor que isso causa. Mas eu sei o que é não ter apoio de família e amigos, eu com a minhas crises de pânico, todo mundo falava que era bobagem minha e que já passava. Escutei gente falando que era falta de várias coisas (sexo, religião, atenção, etc etc).
    Que bom que você conseguiu superar um medo essa semana! Sempre é bom alcançar coisas e superar medos.
    Eu recentemente comecei a conseguir trancar a porta do banheiro! rsrsrsrs
  • MarioDuarteMarioDuarte
    É triste saber que algumas pessoas não tem apoio e nem ajuda que precisam e chegam no ponto do suicídio. Mas temos que entender que a depressão mexe muito com a cabeça das pessoas e muitas vezes elas não conseguem achar forças para buscar ajuda.
    Eu estava em uma época que cada dia era um desafio vencido! Agora já estou mais tranquilo e as coisas já estão voltando à normalidade.
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.
Novo tópico

Salas de discussão