Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

Reparar excessivamente na postura dos outros é sinal de TOC?

LucasOliveira4LucasOliveira4
editado March 13 em TOC

Tenho escoliose desde pequeno (12 graus), já fiz fisioterapia para amenizar o problema e hoje em dia tento corrigir na frente do espelho, analisando as proporções entre as mãos e as pernas pra ver se tá tudo certo. O problema é que meus pais (que já têm uma mania de organização em outros aspectos) têm uma preocupação excessiva com o problema que tem me incomodado demais. O exagero deles com minha postura é tanto que eles não conseguem mais se concentrar em nenhum assunto ou conversa, não prestam atenção em nada do que eu digo porque ficam reparando exclusivamente na posição dos meus ombros enquanto eu falo, encostando em mim de forma arbitrária para eu me corrigir (forçando as minhas costas/ombros a fim de me endireitar). Isso já fez eles esquecerem de fazer muitas coisas importantes simplesmente porque ficaram satisfazendo sua mania de organização em vez de me ouvir. Eles também não conseguem prestar atenção quando assistem televisão, ficam olhando o tempo todo pra mim a fim de monitorarem a forma como eu estou sentado (querem que eu sente no meu próprio sofá como se eu estivesse numa cadeira de teatro). E a região da minha coluna que eles mais reclamam é uma parte da cintura que é realmente muito difícil de se corrigir no cotidiano, mas que eles insistem em forçar sempre pra me endireitarem. Tento ao máximo evitar ficar sem camisa perto deles, porque a situação está insustentável. As correções na minha postura deveriam ser algo natural e construtivo, porém estão virando algo arbitrário e irritante. Esse tipo de preocupação pode ser considerada decorrente de um transtorno obsessivo-compulsivo?

Entre ou Registre-se para fazer um comentário.
Novo tópico

Salas de discussão