Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

Relacionamento Esmagador

GeneumaSalesdeBritoGeneumaSalesdeBrito
editado August 2018 em Maus-tratos
Olá me chamo Neuma...e vou partilhar resumidamente um pouco do meu dilema, na minha adolescência por volta dos 12 pra 13 anos namorei um garoto meio problemático ele tinha 16 . Minha primeira vez foi com ele, bom nus separamos mudei de Estado e passamos longos anos sem nus vê...mais redes sociais infelizmente passaram a existir. Ele me encontrou o coração bateu forte e eu corri pra viver isto que ELE chama de amor e que eu não faço ideia do que seja. Ao escrever sinto dores na minha perna e no meu braço foram os socos que quem diz me amar me deu. Sem contar nos palavrões horríveis que estão fazendo meu coração queimar de dor. E meus olhos derramarem lágrimas mesmo quando estou decidida a ser forte... Me sinto um farrapo,tivemos uma linda menina está com apenas três meses . olho pra ela no berço e sei que tenho que sair disso pra ter saúde mental para cuidar dela...mais amanhã certamente ele vai dizer que me ama e eu vou acreditar ou vou preferir acreditar porque sem ele parece que não tem motivos pra continuar. Mas talvez ele possa ir beber e depois dizer que a culpa foi minha por ter o questionado sobre uma possível traição. Me Ajudem por favor!!!

Comentários

  • TamaraC12TamaraC12
    Oi Neuma.
    Lamento muito pelo o que você está passando. Eu estive em um relacionamento abusivo também, não tinha violência física, mas psicologicamente ele acabou comigo.
    Eu consegui ter forças para sair desse relacionamento depois que tivemos a nossa filha. Fiquei pensando nela e como que ela iria crescer vendo o pai dela xingar e humilhar a mãe todos os dias.
    Você disse que mudou de estado para ir viver com ele, você tem família em outra cidade?
  • Jane11Jane11
    Olá!

    Releia o teu texto, esse rapaz você já o descreveu como problemática quando ele ainda tinha 16 anos, ficaram longos anos sem se ver, ele mudou? Não, piorou. Por aí você já analisa que não há conserto.

    Eh ele é o pior tipo de homem que você deveria arrumar para você, o pior de todos. Um homem que tem coragem de esmurrar uma mulher deveria levar uma surra até perder os dentes da própria família que permitiu que esse cidadão se tornasse desse jeito.

    Hoje você tem uma filha, é hora de pensar nela, não em você. Sabia que filhas que crescem vendo a mãe apanhar, provavelmente se casará ou se relacionará com homens exatamente assim? Porque foi o exemplo que viu dentro de casa, mesmo ela tendo certeza que há sofrimento, há um círculo vicioso, uma espécie de crença de que a mulher crê fazer parte do merecimento desse tipo de situação.

    Falo tudo isso para você cair em si, e fazer pela sua filha o que você não consegue fazer por si.

    Se você já mudou de estado, faça isso novamente, dessa vez sozinha, até longe da sua família, sei lá, ele pode descobrir e vir atrás.

    Seja forte, você consegue
  • GeneumaSalesdeBritoGeneumaSalesdeBrito
    Gente muito obrigado!!! De uma certa forma vcs me ajudaram...apesar de hoje ainda me sentir destruída...como eu disse" hoje ele acordou e fingiu que nada aconteceu dizendo que me ama e pedindo desculpas. Como sempre me sinto um farrapo.
  • GeneumaSalesdeBritoGeneumaSalesdeBrito
    Tamara tenho sim... família em outro estado ,mais não contaria com ninguém,as pessoas são muito críticas quando algo dá errado.
  • TamaraC12TamaraC12
    A Jane tem razão, tua filha crescer em um ambiente violento só vai fazer com que ela ache isso normal. E quando eu pensava na minha filha, eu pensava que não queria que ela jamais tivesse isso de exemplo de relacionamento.
    Eu sei que é difícil aguentar as críticas de conhecidos, eu quando saí da cidade para "fugir" do meu ex fui criticada por muitos, mas na verdade poucos sabiam o que realmente estava acontecendo. É difícil lidar com essas críticas, mas pode ter certeza que é melhor aguentar as críticas do que um marido abusivo!
  • FatimaMarceliFatimaMarceli
    Neuma, lamento muito que você esteja nessa situação, não consigo nem imaginar como deve ser difícil passar por isso.
    Mas pelas suas palavras deu para sentir toda sua angústia e você precisa se livrar disso. Se você tem a oportunidade de sair desse relacionamento e voltar para a sua casa, não pense duas vezes. Não ligue para o que os outros irão pensar, nada disso importa, a única coisa que importa é você e a sua filha.
    Como vai ficar quando a sua filha crescer? Será que ele não vai maltratar ela, assim como ele maltrata você? Até que ponto você vai confiar nele para não machucar a sua filha?
  • VeraSobrado12VeraSobrado12
    Olha as pessoas sempre vão ter alguma opinião sobre qualquer coisa. Se você não sair do relacionamento e eles descobrirem vão falar. Se você sair, eles vão falar também.
    Mas não dê ouvidos à ninguém. Você precisa escutar só você. Pensar no que é melhor para você e para sua filha.
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.
Novo tópico

Salas de discussão