Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

Não sei o que fazer

Deise02Deise02
editado May 2018 em Luto
Desde minha infância tive problemas para interagir com as pessoas, a única pessoa que eu realmente interagia era meu irmão. Quando eu tinha 10 anos perdi meu irmão e desde então não tenho a minima vontade de continuar vivendo.

Minha família sempre foi muito rígida e pouco amorosa, isso me obrigou a ter boas notas, mesmo com uma dificuldade gigantesca de concentração(estudava muito mais só pra não ser castigada).

Passei por vérios tipos de violência e nunca contei para minha família pois me culpariam. Quando entrei na faculdade passei por muitas situações complicadas, e mesmo tomando todos os cuidados acabei engravidando. Meu filho ja tem mais de 2 anos e ainda não consigo aceitar ele totalmente, mesmo o amando muito. Depois que ele nasceu eu piorando progressivamente, me tranquei em casa, comecei a ter insônia e quando dormia tinha pesadelos, ouço vozes, vejo coisas que não estão acontecendo, ja tentei suicídio, mas desisto quando lembro do meu filho. Ultimamente sinto como se estivesse me despedindo dele, como se estivesse me preparando pra acabar com tudo isso.

Já pensei em buscar ajuda, mas sempre acabo desistindo. Estou escrevendo buscando alívio por não ter insistido em buscar ajuda.

Comentários

  • Thais_03Thais_03
    Oi Deise.
    Lamento por tudo isso que você está passando. Dá para sentir nas suas palavras como você está se sentindo sobrecarregada com tudo.
    Eu sei como é essa coisa de não conseguir aceitar bem o filho, também amo demais o meu, mas sinto como se tivesse algo de errado comigo em relação à ele. Não sei explicar bem, as vezes acho que não nasci para ser mãe e só descobri isso agora.
    Mas porque você desiste de buscar ajuda? Não tem ninguém que te apoie e te ajude com isso?
  • TamaraC12TamaraC12
    Eu passei por algo assim também. Depois de engravidar, estar em um relacionamento ruim e depois de um tempo separar, acabei desenvolvendo uma fobia social. Como foi difícil lidar com tudo isso, foram tantas coisas ruins, tantos medos acumulados que chegou um ponto que eu não conseguia nem sair de casa.
    Sei que buscar ajuda é complicado, eu também hesitei em buscar ajuda muitas vezes. Sempre achava que ia melhorar e que era tudo bobeira minha. Só que as coisas foram piorando e chegou um ponto que eu comecei a ficar mal e isso estava afetando minha filha também.
    Busca ajuda, Deise. É possível melhorar e se sentir bem. Não desiste disso!
  • TaniaAdpTaniaAdp
    Não sou profissional da saúde, mas para mim parece que você tem um quadro de depressão, Deise. E muito provável que todas as dificuldades que você enfrentou no passado contribuíram de alguma maneira em como você se sente hoje.
    No seu caso acho que seria muito bom para você fazer um acompanhamento psiquiátrico e psicológico. Trabalhar em cima de tudo o que aconteceu e conseguir superar essas coisas vai ajudar para que você seja feliz com o seu filho e sua família!
    Como a sua família reagiu quando você ficou grávida? E agora como eles estão em relação à isso?
  • Deise02Deise02
    As pessoas a minha volta fingem que está tudo bem, acho que assim é mas fácil pra elas. Estou tomando medicação mas os pensamentos sobre suicídio estão cada vez mais frequentes, sinto como se estivesse me despedindo do meu filho. Não estou sabendo lidar com tudo isso, não aguento mais. Não quero ficar sozinha pq o desespero toma conta, mas também não consigo ficar perto das pessoas que entro em pânico, estou tendo várias crises por dia, não aguento mas isso
  • TamaraC12TamaraC12
    Sei bem como você se sente, Deise! Eu me sentia bem assim! É uma sensação horrível. Ficar sozinha era deprimente, mas ficar com pessoas me causava pânico.
    E as pessoas que estão em volta não entendem bem o que acontece e o que a gente sente, acho que por isso que a gente tem a sensação de que eles fingem que está tudo bem. Na verdade eles não tem nem noção do que estamos passando.
    Faz tempo que você está tomado os remédios?
  • TaniaAdpTaniaAdp
    Deise, não desista! Acho que seria muito bom para você consultar um psicólogo. Com certeza tirar todo esse peso que você está carregando e conversar sobre tudo o que aconteceu com você seria muito bom.
    Pense que você pode sentir-se mais leve e mais feliz, você só precisa conversar com alguém que consiga te ajudar.
  • SuCarmenSuCarmen
    Eu sei como é essa vontade de desistir e de acabar com td.. Já tentei suicídio também e me arrependo pelo o q eu fiz.. afetei tanto a vida da minha família, q hj fico super mal em saber o q eu fiz..
    pensa no seu filho.. ele precisa de vc.. imagina como seria p ele saber q a mãe dele se matou.. com ctza vc o ama mto.. usa isso como motivação p ir atrás de ajuda..
  • Thais_03Thais_03
    Como você está se sentindo, Deise? Está melhorando?
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.
Novo tópico

Salas de discussão