Não pode se deslocar a nenhum consultório?
Encontre um psicólogo online
Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

Meu filho está viciado em videogame

NatyCNatyC
editado October 2016 em Adolescência
Já sei que isso é um terma normal da ABORRESCENCIA, mas eu já nao sei o que fazer com o meu filho. Quando está em casa, fica o tempo que eu deixar com o videogame e com os jogos no computador. Eu e meu marido tentamos ficar em cima, mas a gente cansa, né? Ficar brigando o tempo todo.... Esses dias recebi notificação do colégio que meu filho está matando aula e foi visto numa lan perto do colégio.



O que eu faço?????

Comentários

  • martinludivine67martinludivine67
    MAE EH TD IGUAL... PARA DE ENXER O SACO DO MULEKE.... DEIXA ELE EM PAZ
  • NatyCNatyC
    Se não pode ajudar por que se mete? A Internet é enorme pra você ficar aqui, enchendo o saco. O que para você parece uma chatice de mãe para mim é algo muito importante!!!!
  • giovannastella25giovannastella25
    Naty... tenho um primo de 14 anos quue ta igual que seu filho... meus tios tentaram de tudo.... castigo, cortar a mesada, nd resolve
    e o pior... soh fica jogando esses jogos de morte e violencia
  • lauritha.garza.hdzlauritha.garza.hdz
    essa é a fase de fazer exatamente o contraáio do que o pai diz... uma pergunta - você já tentou não ver o game como vilão? Quero dizer, hoje em dia tem gente que é jogador profissional, participa de torneios. E se você porpor uma troca??? Ele vai bem na escola e você investe nos momentos dele com o videogame???
  • NatyCNatyC
    não sei se funcionaria... acho que ele só joga tanto porque sabe que eu e o pai dele detestamos que faça isso... nisso você tem razão. Acho que se começar a apoiar ele perdará o interesse e fará outra coisa, claroo algo que incomode.
  • sormariasormaria
    Oi Naty. O que está claro é que existe uma distância importante entre vocês... e isso não vai desaparecer com impor normas. Encontrar uma forma de chegar a eles, conectar com eles não fácil... o que me ajudou muito foi conversar com pedagoga da escola. Você já tentou?
  • gabri.mar76gabri.mar76
    o problema dos meninos de hoje em dia é a falta de serviço... tudo vem tao facil que nao sabem suar a camisa.... bota ele pra trabalhar pesado, vai ver como a escola vira algo interessante!!!
  • ricardo.vvv1989ricardo.vvv1989
    tenho que concordar em parte com a cris... a única coisa que tem a OBRIGAÇÃO de fazer é estudar e não levam a sério... sempre criei meus filhos explicando que essa era a profissão deles até que fossem independentes... e ensinei desde pequeno que se não fizessem bem iam ter consequências. Acho que é fundamental....
  • NatyCNatyC
    pode ser que eu tenha perdido um pouco o momento de impor limites e ensinar a ser uma pessoa responsável :(
  • javierjuanlopezgarciajavierjuanlopezgarcia
    oi Naty, tudo bem? Acho que em casos assim, ao invés de impor você deveria pensar em negociar... criar uma logica de que precisa merecer ter tempo para se dedicar ao videogame. se você está perdida, por que não contrata um psicólogo? Assim terá um guia de atuação....
  • NatyCNatyC
    nunca tive que ir ao psicólogo, fico com medo de ir e ter que escutar que fiz TUDO errado... estou insegura, detesto ter que admitir
  • Joana_MundoPsicoJoana_MundoPsico
    Bem-vinda NatyC! Estava lendo seu tópico e os comentários… se você decidiu vir aqui e expor seu problema, demonstra a preocupação que tem com o bem-estar do seu filho. Uma pessoa assim pode até ter cometido falhos, mas com certeza teve acertos também! A relação com a tecnologia e a pouca interação social tem sido uma preocupação para muitos pais, você não está sozinha nisso... Além de compartilhar com outros, que ajuda muito, é importante você buscar apoio na psicologia. Pensa que esses profissionais estão preparados para não fazer julgamentos e respeitar as individualidades de cada pessoa. Posso te perguntar uma coisa? O que seu marido pensa de tudo isso?
  • NatyCNatyC
    eu não sei se ele de verdade se preocupa.... quero dizer tem hora que eu vejo que ele fica incomodado principalmente porque quer a atenção do garoto e ele nem aí... mas se viro pra ele e digo de ir num psicólogo???? acho que estou sozinha nessa
  • Joana_MundoPsicoJoana_MundoPsico
    Isso você só vai saber se conversar com ele e perguntar se te acompanharia, se uniria forças com você para tentar entender o que está acontecendo com seu filho e poder ajudá-lo.

    vai que a reação dele te surpreende??

    Obs.: se é que já não supreendeu... nessas 2 semanas pode haver passado muita coisa :)
  • NatyCNatyC
    conversar conversamos.... não é que foi uma baita conversa mas pelo menos ele não tirou o dele da reta. Ele acabou confessando que parte da culpa é dele tb, que quando está em casa também não consegue ter um vínculo com ele... que deveria se esforçar mais...

    o problema é ficamos aí... nada mudou e com o fim de ano aí os problemas na escola se refletem nas provas... santa paciência!!!
  • Joana_MundoPsicoJoana_MundoPsico
    Oi Naty, é normal que você se sinta frustrada, seu problema não é fácil de resolver, principalmente porque não depende somente da sua vontade.

    Mas é importante que você consiga reconhecer seus avanços:
    - em meio aos conflitos com o seu filho, aos problemas escolares, você conseguiu confirmar que seu marido está do seu lado e que também se preocupa.

    Em situações assim é muito comum ter o jogo do empurra-empurra. Cada um coloca a culpa no outro e ninguém toma controle da situação.

    Vocês chegaram a falar de procurar ajuda de um profissional? Seja por conta própria ou recomendado pela escola?
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.
Novo tópico

Salas de discussão