MundoPsicologos.com
MundoPsicologos.com
No Google Play Na App Store

Por que fazer psicoterapia?

Artigo revisado pelo Comitê de MundoPsicologos

Desde o início de meu atendimento, pessoas que conversam comigo sempre perguntam por que deveriam fazer terapia, já que elas não tem problemas.

16 Out 2013 · Leitura: min.

Desde o início de meu atendimento, pessoas que conversam comigo sempre perguntam por que deveriam fazer terapia, já que elas não tem problemas. Outras afirmam que não vão procurar um psicólogo, porque segundo elas "não são loucas". Então eu lhes pergunto, será que são só os que reconhecem que têm um problema crítico a ser resolvido, ou os "loucos" que devem entrar no processo da psicoterapia?

É claro que não! As pessoas deveriam fazer psicoterapia por um processo de autoconhecimento. Além disso, a psicoterapia não serve só para resolver problemas que parecem sem soluções, mas para fortalecer a psique num processo preventivo. Em analogia, podemos falar de um prédio ou uma casa que nunca recebe a famosa "reforma".

Se temos um imóvel que passa anos sem fazer manutenção, o que acontece? Os problemas críticos começam a aparecer e aí temos que despender muito tempo e muito dinheiro para que seja solucionado. É por isso que, via de regra, devemos realizar uma manutenção neste imóvel anualmente, para que possamos prevenir que estes problemas apareçam, não é?

É claro que nós não somos um mero imóvel. Somos muito mais complexos que isso, mas a psicoterapia deveria ser seguida como base preventiva e não corretiva. A psicoterapia é um processo de autoconhecimento e autodesenvolvimento. Talvez não seja óbvio para a maior parte das pessoas, mas é conhecendo com clareza os nossos limites e nossas potencialidades que podemos nos desenvolver.

Quando se faz psicoterapia, não há somente o benefício próprio, mas sim nos meios em que convivemos. Uma pessoa com boa saúde mental é uma pessoa mais segura de si, mais feliz e isso faz com que os outros nos percebam também de outra forma. O processo psicoterapêutico também nos traz mais saúde, pois muitas vezes nosso adoecimento é por origem psicológica.

Nossos atos são dependentes das coisas que pensamos e sentimos e tornar-se consciente, nos faz muito melhores, de rever antigos padrões, estabelecer objetivos, desenvolver habilidades e tornar saudáveis as relações interpessoais.

De fato, as pessoas se sabotam quando não participam de um processo psicoterapêutico. Há uma clara fuga dos problemas indesejados e uma busca constante pela chamada felicidade. Mas a grande importância aqui é que, desde que o mundo é conhecido, fugir não resolve absolutamente nenhum problema e muito menos traz a felicidade tanto buscada.

Psicoterapia não é um mito, nem um bicho de sete cabeças. Se conseguirmos nos ater somente à palavra terapia, veremos que ela significa, na verdade, tratamento. Quando se participa deste processo, não se sofre sozinho.

Esqueça aquele mito de não procurar um psicólogo por vergonha do que ele possa "pensar" de você. Os psicólogos não estudaram para condenar nem julgar, sua formação é para auxiliar num processo de autoconhecimento e resolução de problemas.

A psicoterapia é um processo longo por si. Não há como promover psicoterapia como se fossem cursos de curta duração. A maior parte dos profissionais que oferecem "curas milagrosas e rápidas" provavelmente está lhe enganando. Eu digo a maior parte, pois existem as linhas psicológicas, como, por exemplo, a comportamental e também a breve, que trabalham em cima de um problema específico (trabalham somente aquele problema focal).

Crianças, adolescentes, adultos e idosos devem participar do processo psicoterapêutico. Mas lembre-se: não procure um psicólogo se alguém estiver lhe forçando a fazê-lo, se não for de sua própria vontade, pois dificilmente você terá bons resultados. Se você já está preparado para um encontro com a sua essência, este é o caminho!

Foto: por InstantVantage (Flickr)

Escrito por

Pokk Clínica De Psicologia

Deixe seu comentário
Comentários 3
  • Equipe MundoPsicologos.com

    Olá Kátia Carla, para conseguir uma resposta mais rápida, melhor contatar os profissionais especializados através da seção "Psicólogos". Os resultados podem ser filtrados por localidade e por serviço. Att. Equipe MundoPsicologos.com

  • Kátia Carla

    Eu preciso de ajuda, por favor.

  • Adriana Paes

    Minha filha gosta de sair com mulheres, mas não quer que ninguém na família saiba, porque diz que tem dificuldades em aceitar. Então eu, como mãe, sofro junto com ela, pois tive um relacionamento com o pai dela de 14 anos e separei quando ela tinha 3 aninhos e ela sofreu muito e ouviu muito os meus desabafos . A minha pergunta é: psiquiatra ajudaria?