MundoPsicologos.com
No Google Play Na App Store

O que é o atendimento domiciliar?

O atendimento domiciliar em psicologia, no Brasil, ainda não é tão comum. Muitos psicólogos, entretanto, começam a prestar esse serviço, mediante uma demanda cada vez maior.

19 Mar 2014 Dicas de psicologia - Leitura: min.

Belo Horizonte (Minas Gerais) Minas Gerais

1 Recomendação

O atendimento domiciliar em psicologia, no Brasil, ainda não é tão comum. Muitos psicólogos, entretanto, começam a prestar esse serviço, mediante uma demanda cada vez maior.

Tal demanda se justifica por vários motivos. Abaixo, alguns são elencados:

  1. dificuldades de mobilidade dos pacientes: limitações físicas, doenças em curso, pós-cirúrgico, acamados permanentes.
  2. dificuldades de estar em ambientes abertos: medo de sair de casa, traumas, episódios de pânico ou angústia intensa.

Tais impedimentos se colocam, às vezes, como empecilhos definitivos para que o paciente receba tratamento, gerando intensa angústia para o próprio paciente, bem como para a família. Sem contar, obviamente, da piora do quadro como um todo.

Nesse cenário, o atendimento domiciliar se apresenta como uma ferramenta importante para os envolvidos no quadro de adoecimento. Alguns pontos importantes sobre o atendimento domiciliar:

O atendimento domiciliar é diferente do atendimento no hospital ou consultório?

Sob o aspecto formal, sim. Cada ambiente fornece pontos positivos e negativos quanto ao decurso do tratamento. No caso específico do atendimento domiciliar, os pacientes geralmente se sentem inseguros quanto ao sigilo das informações, uma vez que geralmente estão rodeados por algum familiar ou cuidador.

Nesse momento, é importante deixar claro para o paciente da natureza sigilosa do atendimento, e que a transmissão de informações a outros, se ocorrer, será de forma geral, previamente acordada entre ele e o psicólogo, restrita sob demanda do paciente.

O atendimento domiciliar custa mais do que o atendimento em consultório?

Depende. O valor do serviço é acordado mediante outros pontos contratuais, e não somente o deslocamento do profissional.

Tenho um parente em crise, como devo proceder?

O atendimento domiciliar deve trazer benefícios ao paciente e, para isso, deve se realizar da maneira mais segura possível, para ele, para os familiares, e para o profissional de saúde. Em geral, o atendimento domiciliar é voltado para pacientes com algum grau de consciência, que aceitaram o atendimento, que não estão em situação de surto psicótico, intoxicação por substâncias psicoativas, ou outras que possam trazer risco para os envolvidos.

Como conversar com meu familiar sobre a consulta em casa?

A consulta no domicílio não deve ser considerada uma visita trivial. É importante esclarecer e debater as necessidades, as demandas, e, em último grau, se pesar em que medida o sofrimento do paciente pode ser minorado diante de um atendimento profissional.

Se você tem outras dúvidas sobre esse tipo de atendimento psicológico, pode se sentir à vontade para mandar mensagens sobre pontos não esclarecidos neste artigo. O atendimento domiciliar é uma abordagem enriquecedora e pode ser de grande valor em momentos nos quais não só o paciente, mas os cuidadores e familiares estão fragilizados por algum acometimento.

Foto: por THX0477 (Flickr)

2 Curtir

Deixe seu comentário

INFORMAÇÃO BÁSICA SOBRE PROTEÇÃO DE DADOS
Responsável: Verticales Intercom, S.L.
Finalidades:
a) Envio de solicitação ao cliente anunciante.
b) Atividades de publicidade e prospecção comercial, por diferentes meios e canais de comunicação, de produtos e serviços próprios.
c) Atividades de publicidade e prospecção comercial, por diferentes meios e canais de comunicação, de produtos e serviços de terceiros de diferentes setores de atividade, podendo implicar repasse dos dados pessoais a esses terceiros.
d) Segmentação e elaboração de perfis para fins publicitários e para prospecção comercial.
e) Gestão dos serviços e aplicativos oferecidos pelo Site ao Usuário.
Legitimação: Consentimento do interessado.
Destinatários: Está previsto o repasse dos dados aos clientes anunciantes para atender suas solicitações de informação sobre os serviços anunciados.
Direitos: Tem o direito a acessar, retificar e eliminar os dados ou se opor ao tratamento dos mesmos ou a alguma das finalidades, bem como outros direitos, como se explica na informação adicional.
Informação adicional: É possível consultar a informação adicional e detalhada sobre Proteção de Dados em br.mundopsicologos.com/proteccion_datos

Comentários (1)

Você não pode deixar de ler...