Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

Mente e corpo saudáveis

<strong>Artigo revisado</strong> pelo

Artigo revisado pelo Comitê de MundoPsicologos

Sobre a tragédia na creche em MG, sobre o atirador dos EUA, sobre tantos outros casos semelhantes: o mundo está pagando o preço por negligenciar a saúde mental.

10 OUT 2017 · Leitura: min.
Mente e corpo saudáveis

Ainda existe muita ignorância e preconceito sobre os cuidados com a saúde mental. Tabu, vergonha de dizer que vai ao psicólogo e ao psiquiatra. Muitos acham até, que é bobagem, frescura, coisa de gente fraca, coisa de gente rica que não tem o que fazer, coisa de louco. Tudo isso leva a negligência de um assunto tão importante.

Há mais de 100 anos Freud descobriu e provou a ligação da mente sobre as doenças do corpo. Psicólogos e psiquiatras são médicos da alma. Deveríamos ter orgulho de frequentá-los. Deveríamos cuidar da saúde mental, das emoções, como cuidamos do corpo, malhar a mente como nos preocupamos em malhar o corpo. Deveríamos começar a frequentar academias de saúde mental e exibir no verão, os resultados da malhação da nossa inteligência emocional.

De nada adianta tudo que você tem e é, se você está com a saúde mental comprometida. Os altos índices de suicídio, que infelizmente só crescem, principalmente entre jovens, estão aí para comprovar isso.

Ir ao psicólogo e psiquiatra é coisa pra gente corajosa, que estão dispostas a assumir as rédeas da sua vida, a parar de culpar os outros pelas coisas ruins que lhe acontecem, a não jogar a sujeira para debaixo do tapete, a não fingir que nada está acontecendo, a serem responsáveis pelas suas escolhas e pelo enfrentamento das consequências. Coisa de louco é não saber o quanto é preciso ter coragem para enfrentar a si mesmo. Só os valentes e fortes é que conseguem.

Vivemos a era do " ter ", onde o valor de uma pessoa era medido pelo seu poder de compra. Apartamento, carro zero na garagem e desfile de marcas mostravam sua identidade. Ser bem sucedido era sinônimo de poder exibir todas essas conquistas. Agora estamos vivendo a era do " parecer ". As redes sociais chegaram como um furacão. Ainda pior do que simplesmente ter ou não ter, é fingir, é parecer ter ou ser. Isso faz com que as pessoas se afastem cada vez mais da sua essência, de quem realmente são. Me pergunto a todo instante quanto chegará a era do " ser " de verdade. Ela vai chegar quando começarmos, finalmente, a cuidar da nossa saúde metal tanto quanto da nossa saúde física.

Escrito por

Cristyani Paiva

Ver perfil
Deixe seu comentário

últimos artigos sobre transtornos personalidade