MundoPsicologos.com
No Google Play Na App Store

Medo de falhar: como lidar com a ansiedade no sexo?

O medo de falhar, assim como a vontade de mostrar um bom desempenho, costumam ser os principais motivos da ansiedade masculina na hora do sexo. Veja o que fazer para minimizar o problema.

4 Jun 2017 Sexualidade - Leitura: min.

psicólogos

lém de estar presente em diversas situações do cotidiano, principalmente naquelas consideradas importantes ou preocupantes, a ansiedade costuma marcar presença também na vida sexual de muitos homens.

O medo de falhar, motivado pelo pensamento quase que generalizado de que o homem "não pode negar fogo", é um dos principais causadores do sintoma. Como consequência da ansiedade, é comum que acabem se deparando com problemas ereção na hora do sexo, por exemplo.

Segundo especialistas, o receio de perder a ereção é um dos principais motivos de isso realmente acontecer. Isso porque a concentração do homem acaba se voltando somente à essa questão, fazendo com que ele fique ansioso e esqueça de prestar atenção em tudo que envolve o sexo.

A tensão tende a ser maior quando o homem se depara com uma parceira nova, com a qual ainda possui pouca intimidade. Em casos assim, alguns aumentam a carga de pressão que colocam sobre si mesmos, o que intensifica a ansiedade.

Homem: você não é uma máquina

Todas as pessoas falham, seja em uma situação ou outra. Conforme especialistas, o homem precisa lembrar que não é uma máquina, e que muitos fatores podem interferir no momento do sexo. Exemplos são problemas no trabalho ou na família, cansaço, preocupações financeiras, doenças, entre outros.

Desse modo, controlar a ansiedade é o primeiro ponto pararelaxar e ter uma relação sexual prazerosa. Para isso, psicólogos especializados em ansiedade dão dicas de como:

  • Exercícios de respiração: uma das alternativas para se livrar da ansiedade na hora do sexo é realizar exercícios de respiração antes do ato, o que ajuda a relaxar a mente, oxigenar o corpo e afastar os pensamentos negativos. Cabe destacar que o nervosismo também ajuda a contrair a musculatura peniana, o que prejudica a ereção.
  • Focar no erotismo: a ansiedade faz com que o homem preste mais atenção na ereção e na necessidade de ter um bom desempenho do que na parceira e em tudo que está envolvido, como o erotismo, o toque, as sensações. O foco não deve estar somente no pênis, mas no contexto global. Quando isso ocorre, a ereção tende a se manter naturalmente e a ansiedade vai embora.
  • Investir nas preliminares: deixar a timidez de lado na hora das preliminares pode ser um passo importante para aumentar a autoconfiança e reduzir a tensão, afinal, sexo não é somente a penetração.

shutterstock-680244727.jpg

Dividir insegurança com a parceira também ajuda

Nem todos os homens que passam pela situação de falhar na hora H conseguem superar. Muitos, aliás, ficam com o problema martelando na cabeça por muito tempo, e a ansiedade acaba se tornando um elemento presente a cada nova relação sexual.

Por isso, além de buscar mecanismos que o faça superar a barreira, também é importante pensar em tudo o que pode ganhar ao dividir esse problema com a parceira. O diálogo aberto entre os dois é ponto-chave, já que, ao ter conhecimento sobre o assunto, a mulher pode ajudar a aliviar a pressão que, muitas vezes, é o homem quem coloca sobre si mesmo.

Caso a ansiedade se torne uma barreira intransponível e impeça a relação sexual, é importante buscar ajuda. Um dos primeiros passos é procurar ajuda psicológica, para chegar à raiz do problema.

Fotos: por MundoPsicologos.com

4 Curtir

Deixe seu comentário

INFORMAÇÃO BÁSICA SOBRE PROTEÇÃO DE DADOS
Responsável: Verticales Intercom, S.L.
Finalidades:
a) Envio de solicitação ao cliente anunciante.
b) Atividades de publicidade e prospecção comercial, por diferentes meios e canais de comunicação, de produtos e serviços próprios.
c) Atividades de publicidade e prospecção comercial, por diferentes meios e canais de comunicação, de produtos e serviços de terceiros de diferentes setores de atividade, podendo implicar repasse dos dados pessoais a esses terceiros.
d) Segmentação e elaboração de perfis para fins publicitários e para prospecção comercial.
e) Gestão dos serviços e aplicativos oferecidos pelo Site ao Usuário.
Legitimação: Consentimento do interessado.
Destinatários: Está previsto o repasse dos dados aos clientes anunciantes para atender suas solicitações de informação sobre os serviços anunciados.
Direitos: Tem o direito a acessar, retificar e eliminar os dados ou se opor ao tratamento dos mesmos ou a alguma das finalidades, bem como outros direitos, como se explica na informação adicional.
Informação adicional: É possível consultar a informação adicional e detalhada sobre Proteção de Dados em br.mundopsicologos.com/proteccion_datos

Comentários (3)

Você não pode deixar de ler...