Mas afinal o que é coaching vocacional e de carreira?

Grande parte dos jovens e adolescentes se depara na vida com o desafio de escolher uma profissão. Vamos analisar neste artigo os aspectos envolvidos neste processo de escolha.

14 OUT 2015 · Leitura: min.
Mas afinal o que é coaching vocacional e de carreira?

Grande parte dos jovens e adolescentes se depara na vida com o desafio de escolher uma profissão. Mas antes de falar das dificuldades encontradas para se escolher uma profissão, ou melhor, estar satisfeito com sua profissão, e também antes de falar o que é um processo de coaching, precisamos citar dois pilares muito importantes para uma carreira profissional.

Um desses pilares é o planejamento e o outro pilar é o autoconhecimento.

Planejamento

Quem se planeja, tem um futuro profissional, quem não se planeja, tem um destino, um acaso, tem que estar aberto às oportunidades que surgirem. Já pensou, você está procurando um emprego e encontra, mesmo que não seja o emprego dos seus sonhos, você tem que aceitar, por que não tem nada melhor planejado? E neste emprego que até te pagam bem, e você vai ficando, porque precisa dele, não consegue se sentir realizado, não agrega novos conhecimentos, não usa sua criatividade e não consegue ajudar ninguém. O que fazer?

Será que somente são felizes aquelas pessoas empreendedoras, que abrem seu próprio negócio? Você deve estar pensando: sim, são felizes, mas isso dá muito trabalho, eu não tenho dinheiro para investir agora em algum negócio. Mas será que ser empreendedor significa apenas abrir um negócio próprio, ou significa também planejar sua carreira? Pense.

Autoconhecimento

E aqui, entra o grande e fundamental questionamento: quem sou eu? Eu sei minhas qualidades e defeitos? Eu sei quais aspectos preciso melhorar para me tornar um bom profissional? Quais são meus valores e crenças e como eles influenciam nas minhas decisões do dia a dia? Por exemplo, se dou muita importância para o valor da honestidade.

No dia a dia, não tomarei atitudes que não envolvam honestidade e não procurarei trabalhos, empregos que não envolvam honestidade. Agora, se para mim, o valor mais importante é o da segurança (digamos que segurança é estabilidade financeira), sim e todos nós temos necessidades financeiras. Mas vejamos, continuando com o exemplo.

Se você é um pai de família e a segurança é um valor muito importante para você, pois você tem que pagar a escola de seus filhos. Você precisa de emprego, e surge um. Mas este emprego, trabalho, atividade não é totalmente honesto, mas também não é totalmente desonesto, você aceitaria?

flickrjust1of7billion.jpg

Provavelmente sim. Porque a segurança é mais importante para você do que a honestidade. E assim poderíamos citar vários exemplos de valores que influenciam nosso cotidiano. E se estes valores estão intimamente ligados com nossa forma de agir no dia a dia, porque não avaliarmos estes valores antes de planejarmos uma carreira profissional.

Falando de coaching

O Coaching Vocacional para jovens ou o Coaching de Carreira para profissionais já experientes contempla esses dois pilares, utilizando-se de ferramentas e técnicas para que cada indivíduo possa se conhecer e se planejar de forma eficiente. O processo de Coaching também leva em consideração o mercado de trabalho e para isso é necessário muita pesquisa antes da ação.

Coaching é uma metodologia que busca atender as seguintes necessidades: atingir metas, solucionar problemas e desenvolver novas habilidades. O coaching vocacional ou de carreira é liderado por um profissional qualificado e que utiliza metodologias, técnicas e ferramentas para benefício de um indivíduo. É conhecido como "formal", este método é pago, e existe um contrato, sessões estruturadas e reuniões para ajudar e os clientes.

Fotos (ordem de aparição): por rachel sian e Just1of7billion (Flickr)

Escrito por

Luciana Marolla

Psicóloga Número do CRP: 06/070229

Mestranda em psicologia do desenvolvimento pela UNESP Bauru, é especialista em gestão de pessoas e psicoterapia breve. Conta com formação em psicologia pela UNESP em 2002. Possui experiência na área, atuando com terapia de casal, atendimento para adultos e adolescentes.

Ver perfil
Deixe seu comentário

últimos artigos sobre trabalho