MundoPsicologos.com
No Google Play Na App Store

Estresse, infelicidade no trabalho e crise econômica

Sente que seu trabalho lhe consome? Já se perguntou se seria mais feliz fazendo outra coisa? Se a crise econômica é usada como justificativa, fique de olho no estresse. Você pode adoecer...

12 Set 2016 O psicólogo esclarece - Leitura: min.

São Paulo (cidade) São Paulo

11 Recomendações

Nossas atividades diárias possuem influência direta em nossa saúde física e mental e seria inevitável não considerar a importância de um ambiente de trabalho prazeroso em nossa rotina. A psicóloga Maitê Hammoud aproveita o cenário atual, em que o país enfrenta um dos maiores cenários de crise de sua história, para falar do impacto físico e psicológico que vem sofrendo a população.

Nesse sentido, é importante considerarmos dois fatores como agravantes:

  • 1º fator - em função dos cortes radicais no quadro de funcionários, muitos dos que continuam empregados vem sendo sobrecarregados com acúmulo de funções, lidando com extrema pressão e necessitando de horas extras diárias em sua jornada para atender a demanda excessiva de trabalho.
  • 2º fator - lidar com o medo e preocupação intensa de continuar empregado, implicando não só em esforços frenéticos para se manter estável e produtivo, como também se paralisando, fazendo com que se deixe de buscar novas possibilidades por necessitar de estabilidade profissional e financeira.

Grande parte de nosso dia passamos trabalhando, por isso ficamos tão vulneráveis a todos estes estímulos, que podem acarretar diversos problemas para nossa saúde.

Como detectar que preciso de ajuda?

É importante ficarmos atentos aos sinais de alerta de nossa saúde para identificarmos que podemos estar necessitando de ajuda e apoio profissional:

  • desmotivação ao pensar sobre seu trabalho ou durante o percurso de ida até o local de trabalho,
  • dores de cabeça e de estômago
  • tonturas, tremores e exaustão,
  • dores musculares,
  • irregularidades no sono e apetite,
  • sonhos recorrentes em que exerce a atividade profissional,
  • preocupações excessivas focalizando tipicamente o futuro e competência pessoal,
  • pensamentos de perda de sentido da vida,
  • instabilidade no humor,
  • tensão e incapacidade de relaxar.

shutterstock-1106443526.jpg

É fundamental que, ao perceber algum destes sinais, você procure um médico psiquiatra ou psicólogo para uma avaliação. Desta forma, poderá prevenir de maneira satisfatória o desenvolvimento de doenças mais graves, como a depressão e transtornos de ansiedade (estão entre as causas mais frequentes de afastamento do trabalho segundo dados do INSS) e a síndrome de burnout (conhecida como síndrome do esgotamento profissional).

Num quadro de burnout, a pessoa tem extrema necessidade de sentir-se capaz e valorizada, dedicando-se tão intensamente ao trabalho que ocasiona extremos prejuízos em suas necessidades vitais, tais como alimentar-se, dormir e manter relacionamentos sociais e afetivos, a ponto de ter picos de estresse tão intensos que vivencia o colapso físico e mental, necessitando de ajuda com urgência.

Apoio é importante

Caso você se sinta descontente e desmotivado com seu trabalho e profissão, não deixe de procurar ajuda de um psicólogo. A psicoterapia poderá estimular sua reflexão quanto à busca de novas perspectivas e soluções, além de proporcionar o fortalecimento emocional para tomadas de decisões com mais segurança.

Nossa saúde mental é um componente importantíssimo de nossa saúde como um todo, merecendo devido respeito e atenção. O cuidado contínuo e investimento proporcionará seu bem-estar físico, psíquico e social, favorecendo diretamente e satisfatoriamente em sua qualidade de vida.

Fotos: por MundoPsicologos.com

0 Curtir

Deixe seu comentário

INFORMAÇÃO BÁSICA SOBRE PROTEÇÃO DE DADOS
Responsável: Verticales Intercom, S.L.
Finalidades:
a) Envio de solicitação ao cliente anunciante.
b) Atividades de publicidade e prospecção comercial, por diferentes meios e canais de comunicação, de produtos e serviços próprios.
c) Atividades de publicidade e prospecção comercial, por diferentes meios e canais de comunicação, de produtos e serviços de terceiros de diferentes setores de atividade, podendo implicar repasse dos dados pessoais a esses terceiros.
d) Segmentação e elaboração de perfis para fins publicitários e para prospecção comercial.
e) Gestão dos serviços e aplicativos oferecidos pelo Site ao Usuário.
Legitimação: Consentimento do interessado.
Destinatários: Está previsto o repasse dos dados aos clientes anunciantes para atender suas solicitações de informação sobre os serviços anunciados.
Direitos: Tem o direito a acessar, retificar e eliminar os dados ou se opor ao tratamento dos mesmos ou a alguma das finalidades, bem como outros direitos, como se explica na informação adicional.
Informação adicional: É possível consultar a informação adicional e detalhada sobre Proteção de Dados em br.mundopsicologos.com/proteccion_datos

Comentários (1)

Você não pode deixar de ler...