MundoPsicologos.com
No Google Play Na App Store

Crise no relacionamento: dicas para superá-la

Qualquer relacionamento duradouro já passou ou vai passar por uma crise. É algo natural, mas saber como superá-la é o que vai determinar que vocês continuem juntos.

20 Dez 2018 Casais - Leitura: min.

psicólogos

Crises fazem parte de qualquer convicência, seja duradoura ou não. Por isso é importante saber enfrentá-las de forma positiva, evitando colocar em risco a satisfação de ambos com o relacionamento e o vínculo que vocês mantêm um com o outro. Apesar de que cada relação é única, há momentos que costumam supor um desafio para todos os casais:

  • o primeiro ano de casamento
  • o nascimento do primeiro filho
  • a crise dos 7 anos
  • a crise dos 40
  • a crise no ninho vazio, com a saída dos filhos de casa

Para não deixar que a rotina e as dificuldades acabem por destruir a harmonia, é importante fortalecer a comunicação entre o casal, além de estar atento aos primeiros sinais de que algo vai mal.

shutterstock-261213830.jpg

Os principais sinais de alerta

Não se trata de se transformar em uma pessoa com obsessão pela felicidade, já que qualquer relacionamento tem seus altos e baixos. Porém é importante saber quando agir, para evitar que a alegria da convivência se enfraqueça. Para isso, pense que:

  • comportamentos mais extremos e irascíveis costumam ser indício de stress prolongado. Isso aumenta a vulnerabilidade do parceiro/a na relação;
  • as queixas contínuas não devem ser ignoradas, porque elas podem ser sintoma de insatisfação, bem calibrada ou não;
  • posturas defensivas e evasivas são sinais de desconforto;
  • falta de toque (não necessariamente sexual) permite que o distanciamento vá se instalando aos poucos.

Como superar uma crise no relacionamento

O primeiro passo para ser capaz de superar uma crise e recuperar a harmonia no relacionamento é justamente acreditar que isso é possível. Muitas vezes, o nervosismo e a desilusão têm um efeito extremamente negativo na rotina, porque dão mais força aos problemas e dificultam encontrar soluções viáveis.

shutterstock-149495843.jpg

Psicólogos especializados em terapia de casal recomendam aproveitar cada conversa, cada discussão, para reafirmar o compromisso com o relacionamento, seja por palavras, gestos ou ações concretas. No final das contas, o principal combustível para uma relação bem-sucedida é que ambos se sintam queridos e respeitados.

Além disso, você pode colocar em prática uma série de comportamentos que ajudarão a blindar a conexão que existe entre vocês:

  • mostre interesse pela vida e rotina do seu parceiro/a, e saiba escutar;
  • seja uma pessoa aberta quando se trata de emoções e sentimentos, permitindo que haja uma troca sincera e autêntica;
  • saiba respeitar a individualidade do seu parceiro/a e permita que ambos tenham a oportunidade de cultivar os momentos com amigos e família, sem a necessidade de estar em casal o tempo todo;
  • compartilhe atividades e planos, porque é muito saudável para o relacionamento o exercício de tomar decisões de forma conjunta;
  • crie o hábito de celebrar pequenas conquistas e, por que não, comemorar sem que haja um motivo aparente para isso, já que estar juntos é o que realmente importa;
  • reserve momentos para estar a sós, sem fazer outra coisa que não seja desfrutar da companhia um do outro.

E, sempre que necessário, não tenha medo de pedir ajuda a um psicólogo especializado em problemas de casal.

Fotos: MundoPsicologos

1 Curtir

Deixe seu comentário

INFORMAÇÃO BÁSICA SOBRE PROTEÇÃO DE DADOS
Responsável: Verticales Intercom, S.L.
Finalidades:
a) Envio de solicitação ao cliente anunciante.
b) Atividades de publicidade e prospecção comercial, por diferentes meios e canais de comunicação, de produtos e serviços próprios.
c) Atividades de publicidade e prospecção comercial, por diferentes meios e canais de comunicação, de produtos e serviços de terceiros de diferentes setores de atividade, podendo implicar repasse dos dados pessoais a esses terceiros.
d) Segmentação e elaboração de perfis para fins publicitários e para prospecção comercial.
e) Gestão dos serviços e aplicativos oferecidos pelo Site ao Usuário.
Legitimação: Consentimento do interessado.
Destinatários: Está previsto o repasse dos dados aos clientes anunciantes para atender suas solicitações de informação sobre os serviços anunciados.
Direitos: Tem o direito a acessar, retificar e eliminar os dados ou se opor ao tratamento dos mesmos ou a alguma das finalidades, bem como outros direitos, como se explica na informação adicional.
Informação adicional: É possível consultar a informação adicional e detalhada sobre Proteção de Dados em br.mundopsicologos.com/proteccion_datos

Você não pode deixar de ler...