Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

Como o funcionamento da mente pode definir quem você é

<strong>Artigo revisado</strong> pelo

Artigo revisado pelo Comitê de MundoPsicologos

A psicóloga Sara Rodrigues traz reflexões sobre o funcionamento da mente. Ele define você? Você é o que pensa? Descubra o que precisa saber para que tudo ande bem com a sua mente.

31 JAN 2019 · Última alteração: 10 MAI 2019 · Leitura: min.
Como o funcionamento da mente pode definir quem você é

Se você busca respostas prontas, formulas mágicas para sair de um problema, creio que talvez seja interessante obter alguns esclarecimentos sobre como funciona a sua mente. Tudo começa na construção de pensamentos que passam por alguns processos mentais, tais quais os registros de memória de curto e longo prazo, bem como os aspectos emocionais, socioemocionais e inconscientes. É um processo que não é simples, mas que faz todo o sentido quando analisamos quem somos, o que buscamos, por que agimos de determinada maneira dependendo da situação.

Nosso cérebro tem uma estrutura chamada córtex cerebral. O córtex é tido como uma das partes mais importantes e complexas do nosso cérebro. Formado por aproximadamente 20 bilhões de neurônios, é nele que se iniciam os impulsos nervosos.Graças ao funcionamento correto do córtex, temos a capacidade de perceber aquilo que ocorre em nossas vidas e nos cerca. É o cortex que nos faz humano. É ele que nos permite imaginar, pensar, desenvolver uma capacidade de juizo e decisão e poder entender e produzir a linguagem. Além disso, uma das suas funções é o armazenamento de informações, isto é, a memória.

Assim, no decorrer de sua vida serão armazenadas as experiências mais significativas, sejam elas positivas ou negativas. A partir desse momento, sua consciência começa a captar a realidade, através desse processo de armazenamento.

Com isso, surgem os principais afetos, as ligações sociais, as influências, as crenças. Também aparecem as principais interpretações de mundo e de si mesmo e, inevitavelmente, o autofluxo de informação.

mente.jpg

O funcionamento da mente

O excesso de energia mental, ou autofluxo, ocorre pela grande quantidade de ideias, imagens e vivenciais a que somos expostos e que, por isso, reagimos a eles. O autofluxo de informação, lê nossa memória e produz nossos pensamentos, Sejam aqueles que nos deixam tristes ou os que nos deixam animados e cheios de energia. Através deste processo, os registros na memória de curto prazo serão inevitáveis.

Aqui abro um parênteses, para falar que o nível de exposições mentais irá definir o nível de desgaste mental, o que resultará em uma psicopatologia. Como, por exemplo, os transtornos afetivos e do humor.

Perceba que na base do funcionamento da mente estar à formação dos pensamentos, bem como as experiências intrapsíquicas, isto é as influências primárias e fenômenos inconscientes que você armazenou como resultado da exposição, logo se transformando em padrões comportamentais.

Começa a fazer sentido? A sua mente funciona de acordo com suas experiências mais significativas. Ou seja, as variáveis emocionais (como estou), intelectuais (quem sou), sociais (onde estou), motivacionais (intenções conscientes e inconscientes), formam quem você é.

Por isso, é possível aprender a fazer a diferença no território psíquico utilizando e reeditando aquilo que ocorrer de mais importante ao longo de sua existência, com coerência e lucidez.

Desejo que consiga trazer para sua vida essas reflexões. Caso deseje ir além e aprender mais a lidar com si mesmo busque leituras em locais confiáveis, busque medidas terapêuticas com um psicólogo e der início ao seu crescimento emocional.

Um forte abraço!

Artigo escrito pela psicóloga Sara Rodrigues, inscrita no Conselho Regional de Psicologia de Pernambuco. Psicóloga Clínica: CRP/PE 02/19212

Fotos: MundoPsicologos.com

Escrito por

Sara Rodrigues Psicóloga

Ver perfil
Deixe seu comentário
1 Comentários
  • Carlos Junior

    Parabéns, adorei este artigo!

últimos artigos sobre desenvolvimento pessoal