Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

Coloque os hormônios da felicidade para trabalhar por você

<strong>Artigo revisado</strong> pelo

Artigo revisado pelo Comitê de MundoPsicologos

Os momentos de felicidade podem estar facilmente presentes no cotidiano e serem estimulados por meio de pequenas descargas hormonais. Quer saber como? Saiba mais no artigo a seguir.

22 JUN 2017 · Última alteração: 12 SET 2019 · Leitura: min.
Coloque os hormônios da felicidade para trabalhar por você

Na maioria das vezes, ser feliz não é algo que exige grandes esforços, conquistas, ou realizações. Pelo contrário. Na maior parte das situações, a felicidade pode ser encontrada nas pequenas coisas do dia a dia e, inclusive, contar com a ajuda biológica, ou seja, dos chamados hormônios da felicidade.

Os hormônios da felicidade são quatro substâncias presentes no organismo que, ao serem estimuladas, produzem sensações de bem-estar que ajudam a superar momentos de tristeza, solidão, stress, e até mesmo a dor física.

As toxinas, que geram uma espécie de "felicidade biológica", podem ser estimuladas por meio da ingestão de certos alimentos, exercícios físicos, conversa com amigos e, até mesmo, ao dar e receber um abraço sincero. Veja quais são os hormônios da felicidade e como os fazer trabalhar para você.

1) Oxitocina

Quem não gosta de um abraço apertado? A vantagem é que, quando o gesto é sincero, pode estimular a liberação da oxitocina, conhecida como o "hormônio do abraço".

A oxitocina, ao ser liberadada, ajuda a relaxar, a controlar o medo e a ansiedade, e ainda a diminuir os níveis de cortisol, sustância responsável pelo stress. Também auxilia na construção da confiança e a fortalecer relacionamentos e laços emocionais, o que melhora a sensação de proteção e segurança.

2) Dopamina

"Eu consegui!". Essa frase geralmente é dita de maneira feliz e ao se atingir uma meta, ao se iniciar um projeto, ou ainda ao adquirir um objeto desejado, por exemplo. A dopamina é um neurotransmissor que atua na motivação, no foco, e na produtividade. Ou seja, que nos faz seguir em frente à busca de novas metas, como se fosse uma substância compensadora.

Pode ser estimulada com ações simples do dia a dia, como ao finalizar um exercício físico ou ao aceitar novos desafios de trabalho. Também ao criar metas a curto prazo, o que ajuda nas pequenas conquistas cotidianas.

shutterstock-306362768.jpg

3) Endorfina

A endorfina é considerada como um analgésico natural do corpo. Isso porque auxilia, inclusive, a amenizar dores físicas.

A liberação da endorfina está muito associada à prática de exercícios físicos, como caminhadas, corridas, e dança. A sensação de prazer ajuda a reduzir o stress, a ansiedade, a tristeza, a depressão leve, e a tensão. Ainda melhora a memória e o bom humor.

4) Serotonina

Manter o humor, o sono, o ritmo cardíaco, o apetite e as funções intelectuais de maneira regulada, ou seja, o bem-estar geral do corpo. Essa é uma das principais da serotonina, que pode ser estimulada através do consumo de certos alimentos, como banana, abacaxi, carnes magras, leite e derivados, e ainda pela ingestão controlada de vinho.

A prática de exercícios físicos de maneira regular também auxilia na produção de serotonina, assim como atividades sociais com amigos e pessoas próximas. No dia a dia, a serotonina ajuda também a reduzir a tristeza, a ansiedade, e o stress.

Como explicam psicólogos, a quatro substâncias são fundamentais para manter a qualidade de vida e a felicidade cotidiana. No entanto, afirmam, em alguns casos, como de depressão, pode haver a necessidade também de acompanhamento psicoterapêutico para aliviar os sintomas.

Fotos: por MundoPsicologos.com

psicólogos
Linkedin
Escrito por

MundoPsicologos.com

Deixe seu comentário

últimos artigos sobre desenvolvimento pessoal