Acesso consultório Cadastre grátis seu consultório

Casais: descubra alguns vilões do relacionamento

<strong>Artigo revisado</strong> pelo

Artigo revisado pelo Comitê de MundoPsicologos

Manter um relacionamento requer esforço. É preciso equilíbrio, para que todos se sintam confortáveis com os lugares que ocupam. Porém, isso não é fácil de conseguir.

7 NOV 2014 · Leitura: min.
Casais: descubra alguns vilões do relacionamento

Construir e manter um relacionamento requer esforço, de ambas as partes, para que haja equilíbrio e para que todos se sintam confortáveis com os lugares que ocupam. Vale como regra para relacionamentos amorosos, profissionais e familiares, não é nenhuma novidade, mas nem por isso é fácil de conseguir.

Na rotina dos casais, os desencontros existem e, quando não são devidamente resolvidos, acabam impactando esferas importantes. Nesse sentido, a vida sexual não deixa de ser um termômetro. Os motivos para um relacionamento esfriar normalmente são distintos para homens e mulheres, mas costumam passar por ciúme, rotina, reconhecimento da individualidade, dependência e infidelidade.

Para ilustrar, basta citar as conclusões do estudo Durex Global Sex Survey deste ano, em que mais da metade dos homens e mulheres declararam estar infelizes com a vida sexual. Obviamente, há questões ligadas a tabus e problemas para admitir bloqueios relacionados à sexualidade. Porém, a falta de comunicação entre os casais também foi apontada como entrave para a plena satisfação nos relacionamentos.

Fato é que a insatisfação provoca frustração, e há determinados comportamentos que devem ser evitados, ainda que, num primeiro momento, são mantidos porque há boas intenções detrás.

1º vilão: calar para evitar brigas

Saber ouvir é tão importante para um relacionamento, porque é onde começa o entendimento. Em situações de confronto, expressar sentimentos e sensações é ainda mais complicado e, não raras vezes, o ataque é adotado como estratégia.

Calar para evitar que uma discussão se prolongue não é justo para nenhuma das partes envolvidas. É no exercício de se explicar, falar do que é importante e também do que incomoda que se constrói o respeito e a responsabilidade.

2º vilão: comunicação evasiva

A preocupação não deve estar apenas falar, mas sim em se fazer entender. Evite a postura comum do falar com entrelinhas, esperando que o outro entenda o que você quer dizer. A comunicação evasiva e pouco clara é um veneno.

flickrbigbirdz.jpg

Manter uma certa tranquilidade durante o diálogo é fundamental. Diante da impossibilidade de fazê-lo, prefira adiar a conversação para um outro momento, mas nunca deixando de retomar tais questões. Afinal, a relação de casal deve estar construída no reconhecimento e na aceitação das diferenças, reconhecendo que vale a pena compartilhar seus dias e experiências com a pessoa escolhida.

3º vilão: anular-se em questões importantes

Muitas vezes acabamos por deixar de lado um projeto ou simplesmente uma postura, que é importante, que tem significado, mas que no momento supõe um ponto de conflito na relação do casal. Se há anulação, acaba havendo uma "invisibilidade" e a sensação de que sua vontade já não importa, porque o outro não lhe devolve o que você espera.

Se você começa a ter consciência de que está nesse ponto é hora de partir para uma reaproximação consigo mesma, para que consiga encontrar a verdade sobre o que realmente importa para você, fortalecendo suas potencialidades.

flickrcea2.jpg

4º vilão: não pedir ajuda

Muitas vezes, diante de tantas coisas por resolver, é quase impossível avançar sem a ajuda de um terceiro, que seja totalmente imparcial. Neste sentido, a intervenção de um psicólogo especializado em terapia de casal pode ser muito produtiva, já que além da imparcialidade, ele propicia técnicas e exercícios que permitirão o enfrentamento das questões sob uma nova ótica.

Fotos (ordem de aparição): por mrhayata, bigbirdz e Cea. (Flickr)

psicólogos
Linkedin
Escrito por

MundoPsicologos.com

Deixe seu comentário
3 Comentários
  • Maria Inês de Sousa Santos

    excelente! a minha relação está exatamente com esses vilões!

  • Equipe MundoPsicologos.com

    Olá Maria, para conseguir uma resposta mais rápida, melhor contatar os profissionais especializados através da seção "Psicólogos".Os resultados podem ser filtrados por localidade e por serviço. Att. Equipe MundoPsicologos.com

  • maria

    Meu casamento vai muito de mal a pior: preciso de ajuda.

últimos artigos sobre terapia de casal