Amor patológico

Feita por >Leandro bueno>. 17 Jun 2017 3 respostas

Oi boa noite, meu nome é leandro, tenho 32 anos, me casei quando tinha 19, tive um casamento conturbado com varias idas e vindas, a 7 meses me separei pois estavá cansado daquela vida, estavá bem, mas de um mês para cá as coisas mudaram comecei a passar mal,ter febre todos os dias, um descontrole mental, me arrependi profundamente mas ela não quer mais pois ela sofreu no começo, mas agora está bem, estou tomando sertalina comecei ontem, não como mais não durmo mais, estou muito ruim, gostaria que me aconselhace o que poderia estar fazendo para me ajudar a passar por esse problema....aguardo, muito obrigafo pela atenção.

Assuntos relacionados

3 respostas

  • A melhor resposta

    Olá Leandro, suponho que você esteja sendo acompanhado por um psiquiatra por está fazendo uso de tratamento com psicofármaco, porém não está fazendo nenhuma tratamento psicológico já que este luto de sua separação parece não está bem resolvido para você a ponto de está lhe causando sofrimento psicológico e orgânico. Como entendo que os sintomas relatado por você requer um acompanhamento psicológico porque está somatizando a ponto de causar um certo desequilíbrio emocional e afetivo e para que você não fique dependente de medicamento a vida toda porque não é a doença e sim uma pessoa que está em sofrimento psicológico, acredito que deva procurar um tratamento psicológico em sua cidade para poder colocar para fora com um profissional toda essa angústia existencial e restabelecer a sua saúde mental e orgânica.
    Espero ter ajudado, à Psicóloga Ussénade.
    Boa sorte!

    Upload feito 19 Junho 2017

    Logo Ussénade Maria de Oliveira

    435 respostas

    5276 pontuações positivas

Explique seu caso à nossa comunidade de psicólogos!

Qual é a sua dúvida? Psicólogos especializados no assunto respondem à sua pergunta
Verifique se há perguntas similares já respondidas:
    • Escreva de forma correta: evite erros de ortografia e não redija tudo em maiúsculas
    • Expresse-se de forma clara: use uma linguagem direta e com exemplos concretos
    • Seja respeitoso:não use vocabulário inadequado e mantenha as boas maneiras
    • Evite SPAM: não coloque informação pessoal (telefone, e-mail, etc.) nem publicidade

    Se o que você deseja é pedir informação como cliente, clique aqui
    Como você deseja enviar sua pergunta?
    Excluir
    Nome (será publicado)
    E-mail em que receberá as respostas
    Para que possam atender-lhe por telefone
    Para escolher expertos da sua região
    Para escolher aos expertos mais adequados
    • 6150 psicólogos à sua disposição
    • 2100 perguntas feitas
    • 14500 respostas dadas
    • Leandro, bom dia! Primeiramente fico feliz por ter se aberto por aqui, pelo menos ter falado um pouco sobre você, suas sensações e sentimentos. A tristeza é uma sensação natural, e faz parte das nossas emoções, mas precisamos também olhar para ela, se ela for nos consumindo. As emoções consideradas "primárias" são: alegria, nojo, tristeza, raiva e medo (Não sei se você já assistiu o filme de animação Divertidamente! Ele aborda este assunto. Eu assisti e gostei muito!). Será importante que você perceba os limites desta emoção para que possa perceber se ela está lhe incapacitando de vivenciar as atividades cotidianas. Caso esta situação esteja acontecendo, ela merece atenção para que não acarrete mais prejuízos sociais e pessoais. Por isso lhe indico que se for possível, e do seu interesse, buscar um processo terapêutico na sua cidade. A psicoterapia é um processo único e individual que se desenvolve através de uma relação especial entre paciente e psicoterapeuta e que possibilita transformação e consciência acerca de sua vida, suas fronteiras de contato, limites, suas relações, seu jeito de ser! Existem diferentes linhas de trabalho dentro da psicologia, mas todos buscam a melhora significativa do paciente seja Psicanálise, Gestaltista, Junguianos, Lacanianos, TCC, todos são psicólogos. O importante é você encontrar qual a melhor linha e Psicoterapeuta que você se identifica! Não existe certo ou errado! Mas encontrar a melhor forma de compreender a queixa, o mundo e a sua for

      Ver mais

      Upload feito 20 Junho 2017

      Logo Danielle de Almeida
      Danielle de Almeida Rio de Janeiro

      189 respostas

      3282 pontuações positivas

    • Boa noite Leandro!
      Muito bom você poder compartilhar isso conosco.O uso de medicação é importante quando a desorganização mental e os sentimentos negativos estão intensos para que você alcance maior clareza de pensamentos, porém, somente a medicação não da conta se o que lhe causa mal estar é psicológico. Isso significa que se você está tendo esse grande número de sintomas físicos (e está com a saúde em dia), seu psicológico está pedindo atenção. Você não menciona fazer psicoterapia, então caso não esteja em acompanhamento, procure um profissional. Separações são interpretadas como uma perda (e pra toda perda passamos por um processo de luto), por isso é importante falar sobre isso para elaborar esse luto de separação. Não existe uma fórmula para todos esses sentimentos irem embora, mas faz muito bem focar em você mesmo descobrindo o que lhe faz bem. É o momento de se descobrir. E lembre-se que não conseguimos controlar tudo, e tudo bem. Dê um tempo a ela e a si mesmo, faça psicoterapia para conseguir pensar com mais clareza, juntamente com a medicação.

      Atenciosamente
      Talyta Laila Paitra
      Psicóloga
      CRP 12/15580

      Upload feito 19 Junho 2017

      Logo Psicóloga Talyta Laila Paitra

      6 respostas

      5 pontuações positivas

    Perguntas similares Ver todas as perguntas